Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


Matéria Jornalística /


Publicada em: 24/03/2024 22:11 - Atualizada em: 25/03/2024 11:24
Dia D contra arboviroses em Lavras teve mutirão de limpeza e apoio da população - veja fotos
O Dia D foi convocado pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais e promoveu ontem, sábado, ações de combate ao Aedes aegypti

Sobrevoo de drone identificava caixas d'água sem tampa e agentes de combate às arboviroses subiam nos locais e tampavam as caixas com tela plástica com micro furos, que permitiam a ventilação, mas impedia que o mosquito depositasse seus ovos na água. Fotos: Ascom/PML

.

 @jornaldelavras     @jornaldelavras   (35) 99925.5481
.

A ordem foi todos contra a dengue através de ações individuais e coletivas, assim foi o Dia D de luta contra o mosquito Aedes aegypti em Lavras e mais 620 cidades de Minas Gerais no dia de ontem, sábado, dia 23. O objetivo em comum era lutar contra este pequeno e quase imperceptível inimigo que pode até matar, o objetivo era combate-lo evitando assim a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika, chikungunya e outras doenças tropicais.

Em Lavras as Coordenadorias de Saúde e Combate às Arboviroses promoveram um mutirão de limpeza e combate à dengue que se concentraram em dois bairros: Vila Murad e Serra Azul, mas promoveram também uma campanha de conscientização para que toda a população entrasse na luta contra o inimigo em comum. 

Ações coletivas e individuais foram promovidas em toda cidade, muita gente dispensou alguns minutos para realizar uma varredura em busca de locais onde os mosquitos pudessem reproduzir depositando seus ovos. Já a ação coletiva contou com a participação dos agentes de combates às endemias e da equipe de limpeza urbana. A iniciativa foi bem aceita pela população que colaborou, sobretudo, a dos bairros alvos da operação de limpeza e combate ao mosquito.

Durante a ação nos bairros Vila Murad e Serra Azul, foram realizadas visitas domiciliares com orientação à população e aplicação do inseticida intradomiciliar Permitrina, que é feito dentro das casas; além disso, os agentes também tamparam caixas d'água, recolheram recipientes que acumulam água de lotes e ruas. Sobrevoo de drone também foi realizado, ele foi usado de forma estratégica para mapear imóveis e terrenos onde os agentes tiveram dificuldades para entrar.

É importante que todos se conscientizem de que a luta contra o mosquito não pode ter trégua, ela é contínua, todos devemos dispensar, todos os dias, alguns minutos para fiscalizar nossos quintais e interior de nossas casas. Os Levantamentos de Índice de Infestação Predial Rápido de Aedes Aegypti (LIRAa) indicam que três em quatro focos do mosquito da dengue estão dentro das casas. Os recipientes que mais apresentaram larvas do mosquito foram pratinhos para vasos de plantas, ralos descobertos, lixos mal acondicionados, tonéis de água e pneus.

.
.
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 


 

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram e Facebook: @jornaldelavras