Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


Matéria Jornalística /


Publicada em: 05/03/2024 14:37 - Atualizada em: 05/03/2024 22:53
Quase 15 mil mineiros estão com suas aposentadorias suspensas
Enquanto não realizarem o Censo Previdenciário de 2023 eles não receberão seus salários

Imagem ilustrativa

.

 @jornaldelavras     @jornaldelavras   (35) 99925.5481
.

Mais de 14,9 mil aposentados mineiros beneficiários do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais (Ipsemg) estão com pagamentos suspensos por não terrem respondido ao Censo Previdenciário em 2023.

Mas a partir de sexta-feira, dia 8, os beneficiários do Ipsemg, que não realizaram o Censo Previdenciário em 2023, poderão atualizar os dados para restabelecer o benefício. O processo de recenseamento será reaberto, e o prazo é até o dia 6 de abril deste ano.

De acordo com dados, divulgados ontem, segunda-feira, dia 4 pelo Instituto, 14.908 pensionistas, aposentados ou afastados preliminarmente do Poder Executivo, não realizaram o Censo Cadastral Previdenciário em 2023 e também não regularizaram a situação em 2024. Eles terão o pagamento do benefício suspenso a partir de março. A lista foi publicada em 20 de fevereiro, no Diário Oficial do Estado. A informação foi divulgada aqui no Jornal de Lavras.

O Censo Previdenciário é um procedimento de atualização da base de dados cadastral, funcional e financeira do Regime Próprio de Previdência Social (RPPS), que tem como objetivo facilitar o planejamento financeiro e a programação para o pagamento de aposentadorias e pensões.


jornaldelavras.com.br/index.php?p=10&tc=4&c=33281

.
.
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 


 

 

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram e Facebook: @jornaldelavras