Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


Matéria Jornalística /


Publicada em: 14/06/2023 22:32 - Atualizada em: 15/06/2023 10:51
Informações complementares sobre o homicídio ocorrido nesta quarta-feira em Lavras
A Polícia Militar liberou o boletim de ocorrência às 21h45 desta quarta-feira

Momento do atendimento da ocorrência pela PM

.

 @jornaldelavras     @jornaldelavras   (35) 99925.5481
   

A Polícia Militar divulgou na noite de hoje, por volta das 21h45, o boletim de ocorrência do homicídio ocorrido na tarde de hoje na rua Waldemar de Abreu, no bairro Santa Efigênia.

Ao ser informada via 190 sobre o fato, a PM se deslocou para o local e encontrou um homem caído ao chão com visíveis ferimentos de tiros na cabeça e tórax.

Quando a PM constatou que a vítima estava sem vida, providenciou o isolamento da área para que a perícia da Polícia Civil pudesse fazer seu trabalho. Paralelamente, os militares procuraram informações sobre este homicídio, que foi o sétimo do ano em Lavras.

Os militares foram informados que a vítima era moradora do bairro Serra Verde e que tinha 20 anos e se chamava Silverstone Daniel de Lemos. Eles tomaram conhecimento da participação de um menor e que este estava acompanhado de um adulto.

De posse das informações, os policiais foram até a residência do menor infrator que, ao ser questionado, acabou confessando sua participação no assassinato e ainda falou o nome do maior que executou a vítima.

O menor foi conduzido até a 1ª Delegacia Regional de Polícia Civil (Depol), acompanhado de uma representante legal, como determina a lei brasileira. Na Depol ele confessou a sua participação no homicídio em conjunto com o homem que foi identificado, porém, ele ainda não foi localizado.

A Polícia Militar informou que Silverstone Daniel de Lemos possuía passagens pelos crimes de ameaça, uso e consumo de drogas, tráfico de drogas e adulteração de identificação de veículo.

Este foi o sétimo homicídio de 2023 em Lavras, o Jornal de Lavras preparou uma cronologia de todos os assassinatos ocorridos este ano na cidade.

Cronologia dos homicídios ocorridos em Lavras este ano de 2023

O primeiro homicídio de 2023 em Lavras aconteceu na madrugada do dia 15 de março, no bairro Judith Cândido, a vítima foi atingida com golpes de faca e tijolada, ainda viva, foi arrastada e jogada dentro de uma caçamba coletora de lixo, onde ficou agonizando até ser descoberta. O homem, de 56 anos, foi socorrido por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas morreu durante o atendimento.

O segundo homicídio registrado em Lavras aconteceu no dia 6 de abril, 22 dias após o primeiro. O crime aconteceu no bairro Novo Horizonte, quando um homem de 36 anos, com extensa ficha policial, com passagens por roubo, lesão corporal, tráfico e uso de drogas, foi executado com vários tiros. No dia 5 de março ele havia escapado de uma tentativa de homicídio, quando um homem encapuzado efetuou 21 disparos contra ele, porém, apenas um acertou e em uma área não letal. Na ocasião ele foi socorrido e havia se recuperado deste ferimento, quando foi baleado e morto no dia 6 de abril.

O terceiro homicídio do ano em Lavras aconteceu na rua Álvaro Botelho, na madrugada do dia 16 de abril. Dois homens faziam uso de bebidas alcoólicas e deram inicio a uma discussão. Em dado momento, um deles desferiu um golpe de faca no abdômen do outro. O autor foi preso em flagrante e conduzido até a 1ª Delegacia Regional de Polícia Civil (Depol), para as providências cabíveis. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) "Virgílio Carvalho", onde foi necropsiado.

O quarto homicídio de 2023 em Lavras aconteceu na noite do dia 29 de abril, na rua José Moura do Amaral, na Vila São Francisco. A vítima, identificada como sendo Arnaldo Rodrigues de Souza, 42 anos, era conhecida pelas constantes agressões contra sua esposa. Ela, cansada de tanta agressão, desferiu quatro golpes de faca em seu companheiro, que saiu correndo e caiu na rua José Moura do Amaral, na Vila São Francisco e morreu.

O quinto homicídio em Lavras aconteceu no dia primeiro de maio na rua José Mesquita, no bairro Jardim Vila Rica. Um homem foi executado na frente de seu pai e de sua esposa. A vítima, de 31 anos, estava na garagem de sua casa com seu pai, quando chegou um veículo branco e dele desceu um homem. Eles começaram a conversar e de repente desceram do carro outros dois homens, um deles estava armado e efetuou quatro disparos contra a vítima.

O sexto assassinato em Lavras aconteceu no dia 9 de maio, quando a Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência de uma pessoa que foi encontrada morta sob o ponte da linha férrea na rua Naná de Pádua, no bairro Vila Alzira. Os militares foram até o local e encontraram um homem morto, sem as calças e enrolado em um lençol. A vítima tinha 45 anos e era natural de São Paulo. Ele foi morto em decorrência de uma pedrada jogada sobre sua cabeça.

 

www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 


 

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br  - 只需点击一下即可获取信息
拉夫拉斯/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram:@jornaldelavras 
推特:twitter.com/jlavras 
脸书: www.facebook.com/jornaldelavras