Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


Matéria Jornalística /


Publicada em: 31/05/2023 11:00 - Atualizada em: 31/05/2023 13:14
Prorrogada a vacinação contra influenza até 31 de julho
Cobertura dos grupos prioritários até o momento é de 46,38%; Saúde reforça que vacina reduz risco de desenvolver a doença e de hospitalizações

Imagem ilustrativa

.

 @jornaldelavras     @jornaldelavras   (35) 99925.5481
 

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) prorrogou a Campanha de Vacinação contra Influenza até o dia 31 de julho para a população com mais de seis meses de idade, conforme recomendação do Ministério da Saúde. A vacina é gratuita e está disponível nas Unidades Básicas de Saúde de todo o estado.

De acordo com o secretário de Estado de Saúde, o médico Fábio Baccheretti, a decisão visa ampliar a cobertura vacinal, especialmente para os grupos prioritários, que são: Crianças de seis meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias); Trabalhador da saúde (todos os trabalhadores da saúde dos serviços públicos e privados, nos diferentes níveis de complexidade); Gestantes e puérperas; professores do ensino básico e superior; povos indígenas; Idosos com 60 anos ou mais de idade; Profissionais das Forças de Segurança e Salvamento e das Forças Armadas; Pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais; pessoas com deficiência permanente; Caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário para passageiros urbanos e de longo curso; trabalhadores portuários; População privada de liberdade e funcionários do sistema de privação de liberdade; Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas.

A meta preconizada pelo Ministério da Saúde para esses grupos é de 90% de cobertura vacinal. Porém, até o momento, Minas Gerais atingiu a cobertura de 46,38% para essa população, estimada em 8.518.665 pessoas. No grupo de crianças e gestantes, essa cobertura é ainda mais baixa, sendo de 34,90% e 39,31%, respectivamente.

A vacinação foi ampliada até 31 de julho por dois motivos, primeiro porque estamos no período sazonal de doenças respiratórias e é necessário aumentar a proteção da população, mas também porque está sobrando vacinas, porque o grupo alvo não atingiu a meta, crianças em especial não ultrapassaram 40% de vacinação.

Com a vacinação, há a redução não apenas do risco de se desenvolver a doença, mas também das hospitalizações e, principalmente, dos óbitos relacionados à gripe. Por isso, é de extrema importância que as pessoas procurem a Unidade Básica de Saúde mais próxima para se imunizar.

A vacinação anual contra a influenza está sendo ministrada desde o início de abril e, neste momento, o imunizante também está disponível para toda a população acima de seis meses de idade.

Minas Gerais recebeu, até o momento, 7.467.960 doses de vacina contra influenza. Para garantir a continuidade da campanha até o dia 31 de julho, a SES-MG já solicitou mais um milhão de novas doses ao Ministério da Saúde. A previsão é que os imunobiológicos cheguem ao estado amanhã, quinta-feira, de primeiro de junho.

Assim que as novas doses chegarem a Minas, será feito o processo de conferência, acondicionamento e separação para distribuição imediata aos municípios por meio das Unidades Regionais de Saúde.,

A responsabilidade pela operacionalização da vacinação em seus territórios é dos municípios. Orienta-se que a população, portanto, cheque diretamente junto ao município de sua residência, nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), sobre o planejamento para a administração da vacina.

www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 


 

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br  - 只需点击一下即可获取信息
拉夫拉斯/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram:@jornaldelavras 
推特:twitter.com/jlavras 
脸书: www.facebook.com/jornaldelavras