Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


Matéria Jornalística /


Publicada em: 09/02/2023 17:32 - Atualizada em: 10/02/2023 09:41
Cardiologia do Vaz Monteiro faz história com procedimento inédito no Brasil
O procedimento realizado no HVM entra para as efemérides de Lavras

Equipe que entrou para a história da medicina e elevou o nome de Lavras para o Brasil

.

 @jornaldelavras     @jornaldelavras   (35) 99925.5481
 

Um marco para a medicina brasileira. É o mínimo que se pode afirmar do procedimento realizado com sucesso pelo serviço de Cardiologia e Hemodinâmica do Hospital Vaz Monteiro: uma dupla intervenção percutânea (sem abrir a caixa torácica) visando ao mesmo tempo fechar o apêndice atrial esquerdo (AAE) e corrigir os efeitos deletérios de uma insuficiência grave de valva tricúspide através do implante TricValve, num mesmo paciente e em tempos cirúrgicos concomitantes.

Ainda mais surpreendente é o fato de o paciente ter 89 anos, hipertensão arterial, arritmia cardíaca e insuficiência renal. "Não foi necessário sequer permanência em UTI e o paciente ficou com familiares no quarto, recebendo alta menos de 24 horas após a cirurgia", explicou o Dr Dirceu.

Segundo o médico responsável por coordenar o procedimento, o cardiologista Marcos Cherem, "essa combinação de fatores complicadores, causa de sintomas constantes e graves riscos à vida do paciente, também tornam virtualmente impossível a realização de cirurgia cardíaca tradicional, aberta, para correção desses problemas nessa faixa etária".

Para a realização dessas intervenções a Anvisa teve de dar o aval, após relatório feito pelo Dr Marcos Cherem, por se tratar, no caso da TricValve, de novíssima tecnologia, com indicações muito específicas para pacientes de alto risco cirúrgico.

Uma equipe multidisciplinar e extremamente experiente executou o procedimento: cardiologista Marcos Cherem; hemodinamicistas Carlos Eduardo Bernini, Jamil Abdalla Saad, Dirceu Barbosa Dias Sobrinho, Thiago José de Assis; anestesista Marcio Sérgio Carvalho Silva; equipe de enfermagem formada por Suellen Rodrigues da Silva, Eidimar Aparecida da Silva, Raissa Garcia Gomes, Cleon Guimarães. Houve ainda participação da acadêmica Ana Clara Teixeira Cherem.

"É sempre uma satisfação trabalhar com a equipe do Dr. Marcos no Vaz Monteiro. Tudo funcionou perfeitamente, provendo o melhor resultado para o paciente, que é o maior beneficiário do fato de Lavras dispor de um serviço de cardiologia invasiva de excelência como esse", afirmou o Dr. Carlos Bernini.
Para o Dr Jamil esse tipo de intervenção demonstra claramente que "independente da idade dos pacientes, as modernas tecnologias permitem resolver de maneira segura e eficiente problemas cardiológicos antes considerados sem solução satisfatória".

A direção do Vaz Monteiro, através do presidente Frederico Faúla de Sousa e da administradora Jaqueline Fráguas, oferece permanente suporte para a equipe médica, com constante investimento na estrutura hospitalar e de treinamentos para a equipe.

"Importante destacar que esperamos conseguir em algum momento credenciamento junto ao SUS para democratizar ainda mais nossos serviços à população" concluiu o Dr. Marcos Cherem.

www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 


 

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br  - 只需点击一下即可获取信息
拉夫拉斯/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram:@jornaldelavras 
推特:twitter.com/jlavras 
脸书: www.facebook.com/jornaldelavras