Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


Matéria Jornalística /


Publicada em: 08/02/2023 18:44 - Atualizada em: 08/02/2023 22:23
Em Três Pontas marido mata mulher na frente do filho de quatro anos
O crime chocou a cidade, ela tinha 25 anos e ele 29, o casal tinha um filho de quatro anos que assistiu ao crime violento

Foto ilustrativa: Giroflex

.

 @jornaldelavras     @jornaldelavras   (35) 99925.5481
 

Uma servidora pública municipal foi assassinada na madrugada desta quarta-feira em Três Pontas, o autor do crime foi o marido. Renata de Paulla Silva, 25 anos, morreu esfaqueada pelo marido de 29 anos. Ele é operador de máquina e ela trabalhava no Centro de Especialidades Médicas daquela cidade.

A Polícia Militar foi chamada por vizinhos que relataram que havia acontecido uma briga de casal e a mulher teria sido esfaqueada. Quando os policiais chegaram, havia muita gente na rua em frente a casa e o marido estava sentado no passeio com a roupa suja de sangue.

Os militares entraram e encontraram a vítima caída no quarto do filho do casal. 

A criança, de 4 anos, assistiu a mãe ser morta. Ele ainda tentou segurar o pai que, depois de esfaquear a mulher, ainda tentou esganá-la.

Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) compareceu ao local, na rua José Cogo, no bairro Santa Mônica. O médico do Samu atestou o óbito no local.

O operador de máquinas confessou o crime. Segundo a Polícia Militar, ele disse que esfaqueou a vítima depois que descobriu uma suposta traição, ele relatou à polícia que perdeu o controle emocional quando ela, segundo ele, confessou a traição.

Ele disse que então foi até a cozinha da casa, se apoderou de uma faca e desferiu diversos golpes contra o corpo da mulher. Ele contou  que ainda tentou enforcaá-la já ferida e caída no chão, mas que seu filho de 4 anos havia pulado sobre tentando tirá-lo de cima da mãe.

Após ter cometido o crime, ele pegou o filho e levou para a casa de seu pai. Ele contou para a família o que havia acontecido e o pai do rapaz foi com ele até a casa esperar a polícia. A PM apreendeu um aparelho celular que estava próximo ao corpo da mulher.

O assassino recebeu voz de prisão e foi conduzido até a delegacia de polícia. O corpo de Renata de Paulla Silva foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) onde foi necropsiado. A Prefeitura de Três Pontas publicou nas redes sociais uma nota de pesar lamentando a violenta morte da funcionária, veja abaixo, a nota na íntegra.

www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 


 

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br  - 只需点击一下即可获取信息
拉夫拉斯/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram:@jornaldelavras 
推特:twitter.com/jlavras 
脸书: www.facebook.com/jornaldelavras