Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


Matéria Jornalística /


Publicada em: 02/02/2023 10:13 - Atualizada em: 02/02/2023 12:49
Em dois dias, três pessoas morreram afogadas no Sul de Minas
As mortes foram em Carmo de Minas, Borda da Mata e Cachoeira de Minas

Aparecida Silva Rezende, de 51 anos, voltava para casa de bicicleta, quando, no meio da chuva, foi levada pela enxurrada

.

 @jornaldelavras     @jornaldelavras   (35) 99925.5481
   

Em dois dias, três pessoas morreram afogadas no Sul de Minas devido, direta ou indiretamente, as fortes chuvas que tem caído na região.

No dia 31, terça-feira, um homem de 46 anos, morador em São Paulo, ao visitar Carmo de Minas, morreu afogado ao tentar atravessar uma represa que estava com um volume de água muito alto, ele foi sugado pelo vertedouro da represa. O corpo do homem foi resgatado pelos bombeiros com a ajuda de uma retroescavadeira. Na hora do acidente ele estava junto com a filha e um amigo. Segundo a Polícia Militar, o amigo contou que ele pulou na represa e estava nadando quando foi puxado pela correnteza do vertedouro.

Já em Borda da Mata, um homem caminhava alcoolizado após sair de um bar, na terça-feira, dia 31, e ao atravessar uma ponte que teve o seu guarda-corpo destruído por um veículo, se desequilibrou e caiu no córrego que estava transbordando por causa das chuvas fortes que caíram na região. Na manhã de ontem, dia primeiro, quarta-feira, o seu corpo foi encontrado preso entre galhos num córrego que fica às margens da rodovia MG-290, na saída para Jacutinga.

Também no dia 31, em Cachoeira de Minas, uma mulher de 51 anos voltava para casa de bicicleta, quando no meio da chuva foi levada pela enxurrada, ela passou por uma cerca de arame e foi parar no meio de um pasto. A mulher foi socorrida por moradores e levada para o pronto-socorro da cidade, mas não resistiu e foi a óbito. Naquele dia havia caído uma chuva que durou 40 minutos, mas foi o suficiente para causar vários estragos e deixar ruas alagadas.

Em Minas Gerais, 22 pessoas já morreram em decorrência das chuvas, a informação está no boletim da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec), divulgado ontem, quarta-feira, dia primeiro.

A morte da mulher de 51 anos que foi arrastada pela enxurrada quando tentava passar de bicicleta, na cidade de Cachoeira de Minas, está constando do boletim, as outras duas não foram computadas como sendo em decorrência das chuvas.

www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 


 
 

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br  - 只需点击一下即可获取信息
拉夫拉斯/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram:@jornaldelavras 
推特:twitter.com/jlavras 
脸书: www.facebook.com/jornaldelavras