Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


Matéria Jornalística /


Publicada em: 29/01/2023 11:19 - Atualizada em: 30/01/2023 09:41
Professores da Ufla participam de projeto de capacitação para produtores africanos
O objetivo é aumentar a produtividade e promover segurança alimentar em Moçambique

Equipe de professores com produtores moçambicanos

.

 @jornaldelavras     @jornaldelavras   (35) 99925.5481
   

Professores de Ciências Agrárias da Universidade Federal de Lavras (Ufla) embarcaram no dia 13 deste mês para Moçambique, na África, em uma missão de promover cursos técnicos para produtores de algodão daquele país. A missão fez parte do projeto global "Além do Algodão" e, nesta etapa, eles estão capacitando os técnicos que atendem diariamente os agricultores locais. Os cursos incluem conhecimentos sobre produção vegetal, com foco no manejo das espécies cultivadas nas províncias de Tete e Manica. 

A missão é resultado de uma cooperação trilateral que envolve a Agência Brasileira de Cooperação do Ministério das Relações Exteriores, o Programa Mundial de Alimentos e a Universidade Federal de Lavras, que é a responsável pelas partes técnica do projeto. Os agricultores locais estão aprendendo a fazer, com técnica, o plantio consorciado, que consiste num sistema no qual duas ou mais espécies são cultivadas em conjunto.

Para o professor Rafael Peron Castro, poder proporcionar o desenvolvimento de técnicas, inclusive as da agricultura brasileira, está sendo de grande importância para o desempenho dos produtores locais. "Os resultados estão animadores, estamos sendo muito bem recebidos, com música e alegria. Algumas ações agronômicas estão sendo corrigidas nos Campos Demonstrativos de Resultados e suas réplicas, como técnicas de plantio e arranjos produtivos. Existem alguns hábitos locais que precisam ser adequados para melhorar a produtividade. Estamos trabalhando no sentido de promover a segurança alimentar para essas comunidades, utilizando os exemplos da agricultura brasileira", disse o professor.

A equipe da Ufla permaneceu em Moçambique até sexta-feira, dia 27, e o intervalo entre as visitas varia em função de alguns fatores, como janelas de plantio das províncias atendidas e a agenda das partes envolvidas. Atualmente, existe uma parceria com o Instituto Superior Politécnico de Manica (ISPM), que auxilia na implementação dos trabalhos de campo.

 



Professor Rafael Peron Castro com produtores moçambicanos

 

www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 


 

 

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br  - 只需点击一下即可获取信息
拉夫拉斯/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram:@jornaldelavras 
推特:twitter.com/jlavras 
脸书: www.facebook.com/jornaldelavras