Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


Matéria Jornalística /


Publicada em: 29/12/2022 17:33 - Atualizada em: 30/12/2022 14:05
Morre Pelé, o maior jogador de futebol do mundo - conheça a passagem dele por Lavras, em 1957
O primeiro jogo de Pelé como profissional em Minas Gerais foi no dia 9 de junho de 1957, contra o Fabril, neste jogo ele marcou 4 gols

Foto histórica

.

 @jornaldelavras     @jornaldelavras   (35) 99925.5481
   

O futebol mundial está de luto, morreu hoje, quinta-feira, dia 29, o maior jogador de todos os tempos: Pelé. Ele morreu aos 82 anos no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, em decorrência de uma infecção respiratória, que se agravou devido ao seu estado debilitado de saúde por causa de um câncer no cólon.

Ele nasceu e viveu em Três Corações até os cinco anos, depois a família mudou-se para Bauru, no interior paulista, onde Pelé começou a despontar no futebol. Ele se profissionalizou no Santos, onde jogou quase toda sua vida. Do Santos, Pelé teve uma passagem de dois anos no Cosmos, de Nova Iorque, nos Estados Unidos.

O que pouca gente sabe é que o primeiro jogo de Pelé pelo Santos em Minas Gerais foi em Lavras, quando jogou contra o Fabril Esporte Clube. Daqui seguiu para outras cidades do Sul de Minas, como Poços de Caldas, todo o trajeto era realizado de trem. No jogo contra o Fabril, ninguém conhecia ele, as estrelas do Santos, até então, eram outros jogadores que vestiram a camisa da seleção brasileira dos anos de 50 e 54.

O jogo em Lavras foi no dia 9 de junho de 1957, naquele dia os lavrenses lotaram o estádio Coronel Juventino Dias para ver o Santos Futebol Clube jogar contra o Fabril Esporte Clube. Todos queriam ver as estrelas daquela equipe, eram jogadores da seleção brasileira de 50 e 54 que atuavam no meio campo do Santos. Jajá e Jair Rosa Pinto eram as estrelas que arrastaram os torcedores para o estádio da Zona Norte, mas quem roubou a cena foi um menino ainda franzino, ele não tinha ainda 17 anos.

Aquele menino chamou a atenção de todos e todos queiram saber seu nome: era Edson Arantes do Nascimento, conhecido como Pelé. Aquele jogo o Santos ganhou do Fabril de 7 a 2 e Pelé marcou 4 dos 7 gols, sendo dois de cabeça e dois tabelando com o ponta Pepe, ele foi o dono da festa. Vale lembrar que quem abriu o placar foi o Fabril com um gol de cabeça do zagueiro Alfredo Scheid Lopes, o Alfredão, que marcou de cabeça.

Coube a Antônio Goulart, o Gambá, como era mais conhecido um dos maiores jogadores do Fabril e ex-funcionário da Companhia Fabril Mineira, marcar Pelé. Gambá era pai do empresário e também atleta Caio Márcio Goulart. Em uma reportagem ao Jornal LavrasNews, questionado sobre a incumbência de marcar aquele que mais tarde se tornou o Atleta do Século, Gambá disse: "não vou esquecer esse dia nunca mais", contou o ex-jogador do Fabril, Antônio Goulart, que era zagueiro. "O primeiro tempo terminou com o Santos ganhando de 2 a 1. Mas o juiz anulou um gol legítimo que fizemos e que empataria o jogo. No segundo tempo o nosso time perdeu o fôlego. Éramos jogadores amadores, não tínhamos preparo físico, e aquele menino que eu marquei desequilibrou tudo. Fez quatro dos sete gols do Santos e fez jogadas que encantaram. Mas valeu pela festa, porque todo mundo saiu satisfeito de ter visto aquele espetáculo".

Na época, a reportagem do LavrasNews falava sobre os 70 anos de Pelé. Na ocasião, Gambá disse ainda: "De certa forma, no aniversário do Pelé, eu também me sinto homenageado por ter participado daquele jogo e ter marcado aquele que iria se transformar no maior do mundo".

Depois, quando terminou a entrevista, Antônio Goulart disse: "O que vou te contar é impublicável: o Pelé me deu um drible que até hoje eu estou procurando a bola", e terminou com uma sonora gargalhada.

 

www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 


 

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br  - 只需点击一下即可获取信息
拉夫拉斯/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram:@jornaldelavras 
推特:twitter.com/jlavras 
脸书: www.facebook.com/jornaldelavras