Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


Matéria Jornalística /


Publicada em: 18/12/2022 10:10 - Atualizada em: 19/12/2022 07:20
Ufla é a segunda universidade mais sustentável do Brasil e a terceira da América Latina
A Universidade Federal de Lavas suiu no ranking GreenMetric e se destacou no Brasil e na América Latina

Campus da Ufla em Lavras, onde o verde se destaca

 

.

 @jornaldelavras     @jornaldelavras   (35) 99925.5481
   

A Universidade Federal de Lavras (Ufla) é a maior propagadora do nome de Lavras para o Brasil e para o mundo, ela é a instituição de ensino superior com o maior percentual de cursos 5 estrelas no estado de Minas Gerais, de acordo com o Guia da Faculdade 2022; em outubro conquistou a 13ª colocação entre as instituições de ensino superior do Brasil no ranking mundial Times Higher Education 2023 (THE 2023), cinco posições acima da obtida na edição de 2022, quando ficou em 18° lugar; também se destacou no ranking QS Latin América 2023. Entre as 11 instituições do estado de Minas Gerais classificadas, a Ufla se mantém em 5º lugar, posição alcançada em 2022. No Brasil, é a 32ª colocada entre 98 instituições.


Agora a Ufla nos apresenta outra boa notícia, ela avançou no UI GreenMetric World University Ranking 2022 e ocupa posições de destaque entre as universidades mais sustentáveis do Brasil e do mundo. Com 8.675 pontos totais - 475 a mais do que na edição de 2021 -, a instituição subiu 11 posições na classificação geral, passando a ocupar a 37ª posição mundial. A Ufla também se manteve como a segunda universidade mais sustentável do Brasil e subiu da 4ª para a 3ª posição na América Latina.


A pontuação revela, ainda, outros resultados de destaque. A Ufla é a única instituição do Brasil com pontuação máxima (1.800 pontos) nos indicadores relacionados a "Educação e Pesquisa". Ao alcançar 1.4 mil pontos em um total de 1.5 mil, também figura entre as dez melhores universidades do mundo nos indicadores de "Ambiente e Infraestrutura".


Para a diretora de Qualidade e Meio Ambiente, professora Fátima Resende Luiz Fia, "esses resultados mostram que nossa universidade está focada em melhorar suas práticas de sustentabilidade e nos motivam a continuar trabalhando para integrar cada vez mais a gestão da Ufla como universidade sustentável ao planejamento de seu uso e ocupação".


De acordo com o reitor da Ufla, professor João Chrysostomo de Resende Júnior, os resultados deste ano são ainda mais significativos devido às mudanças no próprio processo de avaliação do ranking. "O GreenMetric vem deixando de ser puramente declaratório, as informações inseridas necessitam de comprovação. Portanto, os dados deste ano são consolidados e auditáveis, e isso nos faz ter garantia da repetibilidade e avanço ao longo dos anos".


O objetivo para os próximos anos, segundo o reitor, é avançar ainda mais nos indicadores do ranking. "Vamos aumentar a nossa capacidade de geração de energia limpa e, a partir do próximo ano, investiremos em veículos elétricos, além de melhorar as questões de ambiente e infraestrutura", afirma.


Em 2022, 1050 universidades participaram do ranking GreenMetric, 94 a mais do que em 2021; desse total, 39 são brasileiras. O resultado foi divulgado nesta segunda-feira, dia 12. A avaliação leva em consideração seis categorias de indicadores: Ambiente e Infraestrutura, Energia e Mudanças Climáticas, Resíduos, Água, Transportes e Educação e Pesquisa.

www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 


 

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br  - 只需点击一下即可获取信息
拉夫拉斯/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram:@jornaldelavras 
推特:twitter.com/jlavras 
脸书: www.facebook.com/jornaldelavras