Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


Matéria Jornalística /


Publicada em: 08/12/2022 12:02 - Atualizada em: 08/12/2022 21:24
O homicídio desta quarta-feira foi o 7º do ano em Lavras - veja a cronologia de todos eles
Este ano de 2022 tem sido um dos anos mais violentos dos últimos anos em Lavras, até o momento foram confirmados sete assassinatos

Imagem ilustrativa

.

 @jornaldelavras     @jornaldelavras   (35) 99925.5481
   

O corpo de Gerson Washington Rodrigues, 32 anos, morto ontem com disparo de tiros no bairro Vila Rica, está sendo necropsiado na manhã desta quinta-feira, dia 8, na Sala de Necropsia do Instituto Médico Legal (IML) "Virgílio Carvalho". O trabalho da necropsia está sendo acompanhado por uma autoridade policial da 1ª Delegacia Regional de Polícia Civil (Depol) de Lavras, o resultado será divulgado na tarde de hoje.

A morte de Gerson Washington Rodrigues, conhecido como "Carrapato", foi o sétimo homicídio registrado em Lavras este ano Os crimes aconteceram em maio, junho, agosto, setembro, outubro e ontem, dia 7 de dezembro. 

Primeiro homicídio em Lavras foi no dia 14 de maio, no bairro Jardim América. A vítima, de 42 anos, havia acabado de entrar em um bar quando um homem aproximou e efetuou cinco disparos com arma de fogo. Ele era conhecido nos meios policiais e estava em regime semiaberto quando foi morto, a Polícia Civil descobriu depois que o crime foi motivado por vingança.

O segundo aconteceu no dia seguinte, dia 15 de maio, no bairro Pitangui, menos de 24 horas após o primeiro homicídio, ocorrido no bairro Jardim América, vizinho do bairro Pitangui. A vítima, de 25 anos, estava em casa quando uma pessoa chamou pelo seu nome no portão. Ele foi até o local acreditando ser um entregador do sanduiche que ele havia encomendado, mas foi surpreendido por seus executores que efetuaram uma série de disparos, matando-o no local.

Passados 47 dias dos dois primeiros homicídios em Lavras, a Polícia Militar foi acionada na noite do dia 3 de julho para comparecer ao bairro Água Limpa, onde um homem de 38 anos havia sido morto com golpes de cadeiradas na cabeça, a assassina foi sua companheira. O homem chegou bêbado em casa e muito nervoso, ele se desentendeu com a mulher, que reagiu desferindo cadeiradas na vítima. Este foi o terceiro assassinato do ano na cidade.

No quarto homicídio do ano, a vítima, de 41 anos, morreu depois que recebeu socos e pontapés do agressor. O crime aconteceu no bairro Vila Mariana, na Zona Norte de Lavras, na noite do dia 23 de agosto.

O quinto homicídio consternou os lavrenses: o corpo de uma mulher foi encontrado na zona rural da comunidade do Queixada, no dia 3 de outubro. O corpo era de uma mulher idosa e estava com um saco plástico enfiado na cabeça. Imediatamente as autoridades suspeitaram que se tratava de Nilza Alves da Silva, de 67 anos, que estava desaparecida de sua residência desde 12 de setembro. O delegado responsável pelo caso Rafael Arruda, determinou que fossem colhidos materiais e enviados ao Instituto de Criminalística em Belo Horizonte e ao IML da capital mineira para que fosse realizados exames de DNA. Os resultados ainda estão sendo aguardados.

O sexto homicídio em Lavras aconteceu no dia 20 de outubro. Um caminhoneiro foi encontrado morto dentro da cabine de seu caminhão, o veículo estava estacionado e funcionando na BR-265, no perímetro urbano de Lavras. O caminhoneiro, de 63 anos, era natural da cidade de Itatiba (SP), mas seu veículo tinha placas de Capivari (SP). Ele foi morto de forma muito violenta: foram desferidas diversas marteladas na sua cabeça e rosto. O criminoso foi preso em Campo Belo.
 

O sétimo homicídio ocorreu na noite de ontem, no bairro Vila Rica, clique aqui para ver a reportagem deste crime que ainda está sendo investigado pela Polícia Civil.

www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 


 
  

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br  - 只需点击一下即可获取信息
拉夫拉斯/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram:@jornaldelavras 
推特:twitter.com/jlavras 
脸书: www.facebook.com/jornaldelavras