Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


Matéria Jornalística /


Publicada em: 22/06/2022 17:36 - Atualizada em: 22/06/2022 19:37
Homem e mulher foram presos no Sul de Minas após divulgarem blitz em aplicativo de mensagem
O homem tem 51 anos e foi preso em Varginha. A mulher tem 25 anos e foi presa em Poços de Caldas

Divulgar a realização de blitz nas rodovias ou perímetro urbano é crime e pode dar cadeia

.

 @jornaldelavras     @jornaldelavras   (35) 99925.5481

Duas pessoas foram presas no Sul de Minas depois de divulgarem nas redes sociais, em grupos de aplicativos, mensagem de voz alertando para a realização de blitz da Polícia Militar e da Polícia Militar Rodoviária (PMRv) que estavam sendo realizadas.

A primeira foi uma mulher de 25 anos, em Poços de Caldas, no final de semana. Os militares realizavam uma blitz quando perceberam que o fluxo de motocicletas diminuiu drasticamente. Os militares foram informados de que um aviso que havia uma blitz naquele local estava circulando nas redes sociais, em grupos de WhatsApp. Os militares tiveram acesso às fotos e áudios em dois grupos e descobriram que era quem estava divulgando a realização da blitz.

A mulher foi presa e levada para um presídio na cidade de Botelhos, ela foi solta ontem, terça-feira, depois de passar dois dias na cadeia e pagar fiança para poder ganhar a liberdade. Ela responderá a processo. O celular da mulher foi apreendido.

O segundo caso foi na manhã de hoje, quarta-feira, dia 22. Um homem de 51 anos avisou em grupos de WhatsApp que a Polícia Militar Rodoviária (PMRv) estava realizando uma blitz no km 42 da rodovia MG-167, em Varginha.

A PMRv descobriu o autor dos áudios e dos envios das mensagens, ele foi preso e confirmou que havia passado as informações a outros motoristas. Ele foi conduzido até a Delegacia de Polícia Civil de Varginha, onde foi ouvido e preso em seguida. Segundo a PMRv, o celular do suspeito foi apreendido.

O crime, segundo a polícia, está previsto no artigo 265 do código penal, que diz respeito a "atentar contra a segurança ou o funcionamento de serviço de água, luz, força ou calor, ou qualquer outro de utilidade pública".

www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 
 

Leia também:

 

"Brincadeira" que poderia ter terminado em tragédia deixa moradores de Nepomuceno indignados - veja vídeo
Carreta "cebolão" tomba na BR-265, no perímetro urbano de Lavras
Arma furtada na zona rural de Lavras foi apreendida pela PM de Perdões
Lavrense será empossado na Academia Brasileira Rotária de Letras
Documentário produzido em Lavras está concorrendo no Festival Sarancine - assista e vote
Lavras poderá ganhar um campus do IFSULDEMINAS
Novo "lixão" começa a surgir em Lavras e já está até invadindo pista do anel viário - veja fotos
Um porco-espinho foi flagrado em rua da área central de Lavras - veja vídeo
Homem e mulher foram presos no Sul de Minas após divulgarem blitz em aplicativo de mensagem
Saúde enfrenta crise por falta de remédios básicos. Rede pública e privada de Lavras estão sendo afetadas

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras