Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


Matéria Jornalística /


Publicada em: 09/06/2022 11:17 - Atualizada em: 09/06/2022 13:09
Confirmado o primeiro caso de varíola de macaco no Brasil
Os brasileiros devem se preparar para mais uma provável epidemia no país

Varíola se alastra pelo corpo causando febre, hemorragia e falência dos órgãos, a imagem é forte, porém é uma nova realidade que os brasileiros poderão enfrentar a partir de agora, quando já foi confirmada a presença do vírus no Brasil

.

 @jornaldelavras     @jornaldelavras   (35) 99925.5481

O Brasil da Covid, da dengue, da falta de medicamentos agora tem mais uma preocupação: foi confirmado ontem, quarta-feira, dia 8, o primeiro caso no Brasil de Monkeypox, conhecida como varíola dos macacos. A vítima é um homem de 41 anos, natural de São Paulo, que foi diagnosticado com a doença depois de viajar por Espanha e Portugal.

O paciente está internado no Instituto de Infectologia Emílio Ribas, na capital paulista. De acordo com a Secretaria de Saúde daquele estado, o paciente apresentou sintomas a partir do dia 28 de maio, como febre e mialgia. Foram colhidas amostras que foram analisadas no Instituto Adolfo Lutz, que é uma referência no país.

O Ministério da Saúde foi notificado sobre o primeiro caso da doença confirmada no Brasil, outros casos suspeitos estão em investigação, são pacientes das cidades de Porto Alegre (RS), Corumbá (MS), Blumenau (SC), Dionísio Cerqueira (SC), Rio Crespo (RO) e Pacatuba (CE). Dos cinco suspeitos são dois homens e três mulheres, eles têm idades entre 25 e 32 anos.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, confirmou que o Brasil já tem vacina desenvolvida para a doença e disse que não há motivo para preocupação. "Não é uma vacina igual a usada no passado para varíola, mas é uma vacina de vírus inativo não replicante. Trabalhamos em parceria com a Opas (Organização Pan-Americana da Saúde). Se houver necessidade, teremos vacina para aplicar no público-alvo, que são profissionais de saúde com contato direto com pacientes", falou Queiroga.

www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 
 

Leia também:

 

"Brincadeira" que poderia ter terminado em tragédia deixa moradores de Nepomuceno indignados - veja vídeo
Carreta "cebolão" tomba na BR-265, no perímetro urbano de Lavras
Arma furtada na zona rural de Lavras foi apreendida pela PM de Perdões
Lavrense será empossado na Academia Brasileira Rotária de Letras
Documentário produzido em Lavras está concorrendo no Festival Sarancine - assista e vote
Lavras poderá ganhar um campus do IFSULDEMINAS
Novo "lixão" começa a surgir em Lavras e já está até invadindo pista do anel viário - veja fotos
Um porco-espinho foi flagrado em rua da área central de Lavras - veja vídeo
Homem e mulher foram presos no Sul de Minas após divulgarem blitz em aplicativo de mensagem
Saúde enfrenta crise por falta de remédios básicos. Rede pública e privada de Lavras estão sendo afetadas

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras