Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


Matéria Jornalística /


Publicada em: 13/05/2022 17:41 - Atualizada em: 13/05/2022 22:01
Presidente da Adufla e ministro Paulo Guedes "batem boca" em Brasília
O professor da Ufla Fernando Nogueira chamou o ministro Paulo Guedes de 'golpista' e Guedes se irritou

Presidente da Associação dos Docentes da Universidade Federal de Lavras (Adufla), professor Fernando Nogueira Martins Júnior, que deixou Paulo Guedes na "saia justa"

.

 @jornaldelavras     @jornaldelavras   (35) 99925.5481

Na tarde de ontem, quinta-feira, dia 12, durante declaração do estudo para a privatização da Petrobras, servidores que estão em busca do reajuste salarial provocaram o ministro da Economia, Paulo Guedes, chamando o decreto de 'golpe'. O chefe da pasta, por sua vez, rebateu as críticas, jogando a culpa no governo anterior.

O clima "esquentou" durante a coletiva para a imprensa do ministro Paulo Guedes e do novo ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachsida, quando anunciavam a abertura dos estudos para o processo de privatização da Petrobras e do Pré-Sal Petrolífera S/A. O presidente da Associação dos Docentes da Universidade Federal de Lavras (Adufla), professor Fernando Nogueira Martins Júnior, interpelou o ministro da Economia denunciando que a proposta iria "destruir o patrimônio do povo brasileiro".

Paulo Guedes rebateu dizendo: "Eu não quero falar de quem roubou a Petrobras, assaltaram a Petrobras durante anos e foram condenados. Eu quero receber, como um programa de governo que teve 60 milhões de votos, um novo pedido do ministro de Minas e Energia e encaminhar o processo", afirmou. O titular da Economia ainda reiterou que irá devolver ao povo brasileiro o que é dele.

Neste momento, o presidente da Adufla rebateu: "Não, vocês não respeitam o povo brasileiro".

Lembrando que o grupo de Servidores Públicos Federais estava na porta do Ministério da Economia, como manifesto para cobrar a recomposição devida das perdas salariais de 19,90% para os servidores públicos federais. Paulo Guedes se irritou com as palavras do presidente da Adufla e encerrou a coletiva sem responder aos jornalistas.

As imagens repercutiram na mídia nacional e nas redes sociais, sendo notícia nos maiores portais de notícias, como O Globo, Folha de S. Paulo e até na CNN, que fazia uma entrada ao vivo no momento da coletiva.

www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 
 

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras