Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


Matéria Jornalística /


Publicada em: 01/04/2022 11:12 - Atualizada em: 01/04/2022 14:57
Paca foi flagrada perambulando na Zona Norte de Lavras
Parece a repetição da primeira notícia de ontem, porém, mudou o animal, de lobo-guará para paca

Paca depois invadir uma casa, correu e pulou no ribeirão

.

 @jornaldelavras     @jornaldelavras   (35) 99925.5481
 

Ontem abrimos o Jornal de Lavras com a primeira notícia: "Lobo-guará foi flagrado perambulando por avenida da Zona Norte de Lavras". Hoje a primeira notícia tem um título bastante semelhante ao de ontem: "Paca foi flagrada perambulando na Zona Norte de Lavras".

A paca apareceu a poucos metros de onde o lobo foi visto ontem, nas proximidades da ponte sobre o ribeirão que corta a Zona Norte.

Uma família que mora na rua João Batista Prost, na Zona Norte de Lavras, na noite de ontem, quinta-feira, dia 31, por volta de 19h45 estava na sala da casa quando, de repente, a família foi surpreendida por uma visitante inesperada que entrou na sala, era uma paca, um roedor de grande porte e que perde em tamanho apenas para a capivara.

Todos se assustaram e uma pessoa gritou, fazendo com que o animal saísse correndo em direção ao ribeirão que corta a Zona Norte, porém, antes que ela pulasse na água, a paca foi fotografada.

A paca, o segundo maior roedor do Brasil, pode ser encontrada desde a América Central, até a América do Sul, desde a Bacia do rio Orinoco até o Paraguai. Seu habitat natural são floretas tropicais, é adepta a locais úmidos preferencialmente rio ou riacho estreito.

A presença de animais silvestres na cidade está se tornando algo comum, o Corpo de Bombeiros de Lavras frequentemente é acionado para capturar animais silvestres que são vistos perambulando pelas ruas da cidade. Muitos atribuem isso ao desmatamento, especulação imobiliária e queimadas, o que não deixa de ser uma verdade, porém, devemos ressaltar que estes animais estão cada vez mais protegidos e se multiplicando graças ao trabalho da Polícia Militar do Meio Ambiente.

O que há uns dez quinze anos era raro, como canário do reino, pomba trocal e outros pássaros que eram vistos apenas em poucos locais na zona rural, são vistos com muita frequência na mancha urbana. A multiplicação de canários cabeça-de-fogo, que era raro em Lavras, hoje é comum graças a Polícia Militar do Meio Ambiente e um professor da Universidade Federal de Lavras (Ufla), José Egmar Falco, que desenvolveu um trabalho no campus da Ufla com o apoio da PM do Meio Ambiente. Todos canários apreendidos pela PM do Meio Ambiente eram soltos no campus da Ufla e o professor se encarregou de espalhar bandejas com alimentos e cabaças onde eles pudessem fazer ninhos e procriarem e isso, foi fundamental para aumentar a população dos canários.

www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 
 

Leia também:

 

"Brincadeira" que poderia ter terminado em tragédia deixa moradores de Nepomuceno indignados - veja vídeo
Carreta "cebolão" tomba na BR-265, no perímetro urbano de Lavras
Arma furtada na zona rural de Lavras foi apreendida pela PM de Perdões
Lavrense será empossado na Academia Brasileira Rotária de Letras
Documentário produzido em Lavras está concorrendo no Festival Sarancine - assista e vote
Lavras poderá ganhar um campus do IFSULDEMINAS
Novo "lixão" começa a surgir em Lavras e já está até invadindo pista do anel viário - veja fotos
Um porco-espinho foi flagrado em rua da área central de Lavras - veja vídeo
Homem e mulher foram presos no Sul de Minas após divulgarem blitz em aplicativo de mensagem
Saúde enfrenta crise por falta de remédios básicos. Rede pública e privada de Lavras estão sendo afetadas
 

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras