Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


Matéria Jornalística /


Publicada em: 02/03/2022 18:55 - Atualizada em: 02/03/2022 23:10
Quaresma é povoada de lendas e mistérios, conheça algumas delas contadas por pessoas de Lavras
Três pessoas; três histórias. Quem são essas pessoas? Supersticiosos ou guardiões da cultura popular?

Artesão Jamaica, que do alto de seu bom humor disse: "o lobisomem sou eu"

.

 @jornaldelavras     @jornaldelavras   (35) 99925.5481
 

O carnaval acabou e a Quarta-Feira de Cinzas deu início ao período da Quaresma, o tempo litúrgico de conversão que a igreja Católica marca para preparar seus fiéis para a grande festa da Páscoa. Durante este período os seus fiéis são "convidados" a um período de penitência e meditação, através da prática do jejum, da esmola e da oração. A Quaresma dura 40 dias. Começa na quarta-feira de Cinzas e termina quando tem início a Semana Santa.

O período da quaresma antes era povoada de lendas e mistérios - hoje nem tanto. Segundo a crença popular, mula-sem-cabeça, lobisomem e outras figuras, que fazem parte do folclore, aparecem nas noites que antecedem a Semana Santa. A lenda é uma narrativa fantasiosa transmitida pela tradição oral através dos tempos. Ela pode ser de caráter fantástico ou fictício. As lendas combinam fatos reais e históricos com fatos irreais que são meramente produto da imaginação das pessoas.

Com exemplos bem definidos em todos os países do mundo, as lendas geralmente fornecem explicações plausíveis e até certo ponto aceitáveis para explicações científicas comprovadas, como acontecimentos misteriosos ou sobrenaturais. Muitas lendas estão se perdendo, talvez pelo fato delas não terem registros, serem conhecidas apenas de forma oralizada.

O Jornal de Lavras conversou com algumas pessoas que acreditam, um garantiu que viu uma transformação de um homem em lobisomem. Outra pessoa que conhece os mistérios do sobrenatural através das histórias que o pai contava. Outro disse que não acredita, mas teve uma experiência muito estranha. Quem são elas? Supersticiosos ou guardiões da cultura popular?

Maria Aparecida da Silva (foto abaixo), 54 anos, contou que nunca viu nada, mas que acredita. Disse que seu pai contava muitas histórias de fatos que aconteciam na Quaresma, o que mais impressionou ela na narrativa do pai foi a história do pano branco. Segundo ela, seu pai contava que numa estrada da roça, um dia apareceu um pano branco estendido no chão atravessando toda extensão da estrada, que ele não sabia por que, mas durante o tempo que aquele pano ficou estendido, ninguém conseguia atravessar de um lado para o outro, que o pano exercia uma força estranha e muito misteriosa, ele funcionava como um muro instransponível.

Dona Maria Aparecida: "eu nunca vi nada, mas acredito no que meu pai contava"

 

Aldair dos Santos (foto da capa desta matéria), 55 anos, conhecido como Jamaica, artesão, muito bem humorado, disse que "o lobisomem sou eu". Ele falou que não acredita muito nestas histórias, porém, ele disse ter vivenciado uma. Segundo ele, uma noite - que não era noite de Quaresma - procurou abrigo na rotunda da Rede Ferroviária em Ribeirão Vermelho, porém, ele e sua companheira não conseguiram dormir por causa de barulhos como se à noite naquele lugar tivesse muita gente trabalhando.

Gumercindo de Souza, de 84 anos, morador na zona rural, e que preferiu não ser fotografado, contou que conheceu um homem que morava numa casinha na antiga comunidade da Pedra Negra. A casinha, segundo ele, existia há muitos anos na margem da estrada de ferro, nesta casa morava um homem que ele garante que na Quaresma virava lobisomem, disse que ele perseguia famílias que tinham bebês não batizados, disse que quando aproximava da Quaresma era uma correria na comunidade para batizar as crianças.

Seu Gumercindo contou que chegou a ver o homem se transformar num lobisomem numa noite de lua cheia da Quaresma. "Era um sofrimento, ele se espojava no chão, babava, rosnava e machucava todo o seu corpo se esfregando nas pedras até se transformar naquela coisa horrorosa", contou.

Ele disse também que depois da transformação ele ganhava uma força descomunal e se movia com uma rapidez que nenhum ser humano conseguiria, saltava a grandes alturas e desaparecia na escuridão da noite.

www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 
 

Leia também:

 

"Brincadeira" que poderia ter terminado em tragédia deixa moradores de Nepomuceno indignados - veja vídeo
Carreta "cebolão" tomba na BR-265, no perímetro urbano de Lavras
Arma furtada na zona rural de Lavras foi apreendida pela PM de Perdões
Lavrense será empossado na Academia Brasileira Rotária de Letras
Documentário produzido em Lavras está concorrendo no Festival Sarancine - assista e vote
Lavras poderá ganhar um campus do IFSULDEMINAS
Novo "lixão" começa a surgir em Lavras e já está até invadindo pista do anel viário - veja fotos
Um porco-espinho foi flagrado em rua da área central de Lavras - veja vídeo
Homem e mulher foram presos no Sul de Minas após divulgarem blitz em aplicativo de mensagem
Saúde enfrenta crise por falta de remédios básicos. Rede pública e privada de Lavras estão sendo afetadas
 

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras