Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


Matéria Jornalística /


Publicada em: 20/02/2022 12:37 - Atualizada em: 20/02/2022 17:00
Jovem do Sul de Minas foi presa na Tailândia com 5,5 kg de cocaína; pena naquele país é a de morte
A pena para quem pratica tráfico na Tailândia e outros países do Sudeste Asiático é a pena de morte

A família de Mary Hellen quer que ela seja extraditada para cumprir pena no Brasil e pede a interferência do Itamaraty. Foto: Redes sociais

.

 @jornaldelavras     @jornaldelavras   (35) 99925.5481

Três brasileiros foram presos esta semana no aeroporto internacional Bangkok-Suvarnabhumi, na Tailândia, entre eles está a jovem Mary Hellen Coelho, de 22 anos, ela é de Pouso Alegre, no Sul de Minas. Ela e os outros dois brasileiros foram detidos ao desembarcarem no aeroporto tailandês na segunda-feira, dia 14.

Mary Hellen saiu do Brasil através do aeroporto de Curitiba, no Paraná. De acordo com informações das autoridades tailandesas, os três brasileiros portavam 15,5 quilos de cocaína, a droga foi avaliada em R$ 7,5 milhões, ela estava distribuída nas malas dos três detidos, que embarcaram no aeroporto de Curitiba.

Os amigos de Mary Hellen têm idades de 27 e 24 anos e, segundo informações das autoridades da Tailândia, eles viajaram em aviões separados. Os três foram presos assim que pisaram em solo tailandês. 

A família da jovem contou que ela trabalhava num restaurante em Pouso Alegre e pediu demissão na semana retrasada dizendo à família que iria viajar para Curitiba. Segundo os familiares, Mary Hellen não contou que iria fazer uma viagem internacional.

Na segunda-feira a família recebeu uma ligação com prefixo internacional, era ela contando, em prantos, o que havia se sucedido e pedia desesperadamente que os familiares buscassem ajuda junto ao Itamaraty e a embaixada brasileira na Tailândia.

O consulado brasileiro em Bangkok informou aos familiares que está acompanhando o caso dentro das limitações legais, disse também que os três brasileiros presos estão recebendo tratamento condizente com as leis daquele país.

A família teme pela vida de Mary Hellen, visto que a pena para quem pratica o tráfico de drogas naquele país é a pena de morte.

Em abril de 2015, o paranaense Rodrigo Goulart foi executado na Indonésia pelo crime de tráfico de drogas. Tanto a Tailândia quanto a Indonésia e outros países do Sudeste Asiático, adotam a pena de morte para este tipo de crime.

A última execução na Tailândia foi em 2018, um homem que matou um adolescente para roubar seu celular foi executado, ele tinha 26 anos e recebeu uma injeção letal. Antes dele, dois narcotraficantes foram condenados à morte em agosto de 2009. Ele foi o sétimo condenado a ser executado por injeção letal desde que a Tailândia substituiu o método anterior, quando os condenados eram mortos por um pelotão de fuzilamento. Desde 1930, 326 pessoas foram executadas naquele país.

Mary Hellen já detida em Bangkok, na Tailândia, teve a oportunidade de falar com a família uma única vez

 

www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 
 

Leia também:

 

"Brincadeira" que poderia ter terminado em tragédia deixa moradores de Nepomuceno indignados - veja vídeo
Carreta "cebolão" tomba na BR-265, no perímetro urbano de Lavras
Arma furtada na zona rural de Lavras foi apreendida pela PM de Perdões
Lavrense será empossado na Academia Brasileira Rotária de Letras
Documentário produzido em Lavras está concorrendo no Festival Sarancine - assista e vote
Lavras poderá ganhar um campus do IFSULDEMINAS
Novo "lixão" começa a surgir em Lavras e já está até invadindo pista do anel viário - veja fotos
Um porco-espinho foi flagrado em rua da área central de Lavras - veja vídeo
Homem e mulher foram presos no Sul de Minas após divulgarem blitz em aplicativo de mensagem
Saúde enfrenta crise por falta de remédios básicos. Rede pública e privada de Lavras estão sendo afetadas

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras