Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


Matéria Jornalística /


Publicada em: 13/02/2022 13:22 - Atualizada em: 13/02/2022 23:13
Estado institui programa de serviço voluntário para pessoa privada de liberdade
O programa sempre foi defendido pela diretoria Regional de Polícia Penal de Minas Gerais da 6ª Risp, em Lavras

O trabalho para apenados auxilia na ressocialização de detentos, tira-os da ociosidade e dá dignidade a quem errou e está recebendo uma chance de se redimir e para ser absorvido pelo mercado quando cumprir a pena

.

 @jornaldelavras     @jornaldelavras   (35) 99925.5481

O secretário de Estado de Justiça de Minas Gerais, Rogério Greco, editou, na quarta-feira, dia 9, uma resolução que sempre foi defendida pela diretoria Regional de Polícia Penal de Minas Gerais da 6ª Região Integrada de Segurança Pública (Risp), que tem sede em Lavras.

A resolução abre oportunidade para prefeitos de toda área de abrangência da 6ª Risp a celebrar convênios com o sistema prisional para utilizar a mão-de-obra de detentos, seguindo recomendações do sistema prisional, que prioriza apenas presos de bom comportamento.

O programa criado para usar o serviço voluntário para os indivíduos privados de liberdade sob a custódia do Departamento Penitenciário de Minas Gerais, não tem custas para os municípios, não gera vínculo empregatício nem obrigação de natureza trabalhista ou previdenciária.  A vantagem para o preso é que a cada três dias trabalhados ele ganha um dia de remissão de sua pena.

As prefeituras poderão utilizar a mão-de-obra de pessoas privadas de liberdade e que aderirem ao programa de serviço voluntário para as manutenções e reparos das estruturas físicas, tais como pintura, rede elétrica, hidráulica e de alvenaria. Para a realização de limpeza e conservação, como capina, limpeza urbana, combate às endemias, corte de grama, varrição, recolhimento de lixo e serviços gerais.

A mão-de-obra poderá ser utilizada também em atividades de infraestrutura, como fabricação de blocos, bloquetes, artefatos de concreto, fábrica de vassouras reutilizando garrafas pet para atender a demanda das prefeituras na limpeza pública.

Além destas atividades, a mão-de-obra poderá ser utilizada em situações de calamidade pública que necessitem de mão-de-obra emergencial. Também em medidas preventivas, como limpeza de lotes para conter o avanço da dengue, que nesta época do ano é uma ameaça em todas as cidades.

Cabe ao município disponibilizar ferramentas para o trabalho proposto, transporte até o local onde será executado o trabalho, equipamentos de proteção individual (EPI) e alimentação.

A unidade prisional encaminhará mensalmente ao juízo da execução penal um relatório com informações dos dias trabalhados pelos apenados para que seja contada para a remissão da pena.

Esta forma de utilização de mão-de-obra de detentos é muito utilizada em países como os Estados Unidos, onde os trabalhos são realizados para os estados da federação e não para os municípios. Naquele país, os presos dão manutenção às estradas estaduais e federais delegadas, como capina, limpeza, pintura, substituição e instalação de placas e outros.

www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 
 

Leia também:

 

"Brincadeira" que poderia ter terminado em tragédia deixa moradores de Nepomuceno indignados - veja vídeo
Carreta "cebolão" tomba na BR-265, no perímetro urbano de Lavras
Arma furtada na zona rural de Lavras foi apreendida pela PM de Perdões
Lavrense será empossado na Academia Brasileira Rotária de Letras
Documentário produzido em Lavras está concorrendo no Festival Sarancine - assista e vote
Lavras poderá ganhar um campus do IFSULDEMINAS
Novo "lixão" começa a surgir em Lavras e já está até invadindo pista do anel viário - veja fotos
Um porco-espinho foi flagrado em rua da área central de Lavras - veja vídeo
Homem e mulher foram presos no Sul de Minas após divulgarem blitz em aplicativo de mensagem
Saúde enfrenta crise por falta de remédios básicos. Rede pública e privada de Lavras estão sendo afetadas

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras