Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


Matéria Jornalística /


Publicada em: 09/02/2022 18:42 - Atualizada em: 09/02/2022 21:47
Denúncia de intolerância religiosa em Lavras: homem vandaliza fachada de terreiro - veja vídeo
O agressor já fez ameaças a outras religiões de matrizes africanaz em Lavras, Polícia Civil já entrou no caso

Imagem captada do vídeo

.

 @jornaldelavras     @jornaldelavras   (35) 99925.5481
 

As religiões de matrizes africanas são as que mais sofrem com ataques e crimes qualificados como intolerância religiosa. Vez por outra assistimos nos noticiários dos canais de TVs, lemos nos jornais ou nos sites de notícias, crimes desta natureza, como o caso de uma menina de 11 anos que, após participar de uma festa de uma religião africana, foi atacada na rua e recebeu uma pedrada na cabeça, este crime aconteceu no Rio de Janeiro e a notícia ganhou a mídia brasileira em 2015.

De lá para cá, outros crimes foram destacados pela imprensa na Bahia, Rio de Janeiro, São Paulo e outros estados.

Agora isso ocorreu em Lavras, na noite de ontem, terça-feira, dia 8, quando um homem quebrou adereços da fachada do terreiro Castelo de São Jorge Nagô, no bairro Cruzeiro do Sul, o único terreiro que tem uma fachada com adereços religiosos, os outros, para ter acesso a eles, tem que entrar através de um portão ou uma residência.

Estes outros terreiros também estão recebendo ameaças deste mesmo homem que ontem arrancou colares, quebrou prato de barro e fez ofensas aos praticantes desta religião. Toda a ação foi filmada por uma câmera de monitoramento e hoje as imagens foram apresentadas para a polícia.

Os administradores do terreiro Castelo de São Jorge Nagô registraram um boletim de ocorrência e o vândalo poderá responder por quatro crimes: injúria, intolerância religiosa, difamação e ameaça.

O agressor foi identificado e, segundo um dos administradores do terreiro, muita gente entrou em contato com eles hipotecando solidariedade, entre eles, o Conselho Municipal de Política de Igualdade Racial, da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social.

O Brasil tem normas jurídicas que visam punir a intolerância religiosa. A Lei nº 7.716, de 5 de janeiro de 1989, alterada pela Lei nº 9.459, de 15 de maio de 1997, considera crime a prática de discriminação ou preconceito contra religiões.


www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 
 

Leia também:

 

"Brincadeira" que poderia ter terminado em tragédia deixa moradores de Nepomuceno indignados - veja vídeo
Carreta "cebolão" tomba na BR-265, no perímetro urbano de Lavras
Arma furtada na zona rural de Lavras foi apreendida pela PM de Perdões
Lavrense será empossado na Academia Brasileira Rotária de Letras
Documentário produzido em Lavras está concorrendo no Festival Sarancine - assista e vote
Lavras poderá ganhar um campus do IFSULDEMINAS
Novo "lixão" começa a surgir em Lavras e já está até invadindo pista do anel viário - veja fotos
Um porco-espinho foi flagrado em rua da área central de Lavras - veja vídeo
Homem e mulher foram presos no Sul de Minas após divulgarem blitz em aplicativo de mensagem
Saúde enfrenta crise por falta de remédios básicos. Rede pública e privada de Lavras estão sendo afetadas
 

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras