Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


Matéria Jornalística /


Publicada em: 10/01/2022 17:04 - Atualizada em: 10/01/2022 23:14
Mãe e seus três filhos desapareceram numa viagem entre Luminárias e Nazareno
A família está preocupada com o desaparecimento de Marcilena e suas três crianças, ela saiu de Luminárias na quinta-feira e não chegou ao destino

Viatura. Imagem ilustrativa: Arquivo Jornal de Lavras

 

.

 @jornaldelavras     @jornaldelavras   (35) 99925.5481
 

Uma mãe com três crianças está desaparecida desde quinta-feira, dia 6, ela saiu de Luminárias para visitar parentes em Nazareno, porém, não chegou ao destino e ninguém tem notícia do paradeiro dela e das crianças.

Marcilena Aparecida de Souza, 22 anos, é casada e mora em Lagoa Dourada (MG), ela foi visitar a avó em Luminárias e levou os três filhos. Na quinta-feira ela disse que visitaria outros parentes em Nazareno e desapareceu. Ela não levou parte de suas roupas e das crianças, mas levou dinheiro e documentos.

Os pais de Marcilena moram em Dores do Campo e assim que a sua mãe soube do desaparecimento da filha e dos netos, viajou para Luminárias. Ela contou que foi até a Polícia Militar duas vezes para registrar um boletim de ocorrência, porém, segundo ela, está encontrando dificuldades para fazer o documento.

O Jornal de Lavras entrou em contato com o 8º Batalhão para saber por que razão da dificuldade para registrar o boletim, a pessoa responsável pelo setor disse que se informará com o destacamento de Luminárias e dará retorno (Atualização: a resposta do 8º Batalhão está no final desta publicação).

Marcilena faz uso do medicamento Depakene, que é indicado, isoladamente ou em combinação a outros medicamentos, para o tratamento de pacientes com crises convulsivas, e no tratamento de quadros de ausência.

A família pede que qualquer informação sobre ela e seus filhos, que a pessoa entre em contato com a Polícia Militar através do telefone 190 ou pelo telefone (32) 9 8486-1769. 

 

ATUALIZAÇÃO:

Resposta da Assessoria de Imprensa do 8º Batalhão de Polícia Militar

A Assessoria do 8º Batalhão respondeu ao questionamento do Jornal de Lavras sobre a razão da dificuldade para registrar o boletim.

A Assessoria de Imprensa do 8º Batalhão esclareceu que os militares do destacamento em Luminárias informaram que as duas vezes que foram procurados, os familiares não forneceram as informações necessárias, o que inviabilizou o preenchimento do documento.

A Assessoria informou, ainda, que o boletim foi registrado na tarde de hoje, porém, ainda com muitos dados incompletos porque a família não possui as informações solicitadas no documento.
 

Marcilena Aparecida de Souza, 22 anos. Foto: Arquivo da família

 

www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 
 

Leia também:

 

"Brincadeira" que poderia ter terminado em tragédia deixa moradores de Nepomuceno indignados - veja vídeo
Carreta "cebolão" tomba na BR-265, no perímetro urbano de Lavras
Arma furtada na zona rural de Lavras foi apreendida pela PM de Perdões
Lavrense será empossado na Academia Brasileira Rotária de Letras
Documentário produzido em Lavras está concorrendo no Festival Sarancine - assista e vote
Lavras poderá ganhar um campus do IFSULDEMINAS
Novo "lixão" começa a surgir em Lavras e já está até invadindo pista do anel viário - veja fotos
Um porco-espinho foi flagrado em rua da área central de Lavras - veja vídeo
Homem e mulher foram presos no Sul de Minas após divulgarem blitz em aplicativo de mensagem
Saúde enfrenta crise por falta de remédios básicos. Rede pública e privada de Lavras estão sendo afetadas
 

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras