Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


Post: Jornalístico /


Publicada em: 24/09/2021 11:34 - Atualizada em: 24/09/2021 16:49
Receita Federal destinou, este ano, mais de R$1,7 milhão em mercadorias no Sul de Minas
Entidades beneficentes e órgãos públicos foram beneficiados pelas destinações da Receita

Para a Ufla, a receita doou milhões de maços de cigarros e bebidas, que foram transformados em adubo e álcool gel

.

 @jornaldelavras     @jornaldelavras   (35) 99925.5481
 

Entre os meses de janeiro e agosto deste ano, a Receita Federal destinou R$1,7 milhão em mercadorias para entidades beneficentes e órgãos públicos no Sul de Minas.  Essas mercadorias foram apreendidas em operações de fiscalização realizadas pela Receita Federal em parceria com a Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Polícia Militar (PM), como por exemplo, a Operação Oriente.

Mais de R$1.330 milhão foram para órgãos públicos. Nesse valor estão incluídas as destinações de mercadorias que foram inutilizadas por transformação, tais como bebidas, cigarros e vestuário descaracterizados em parceria com o Instituto Federal do Sul de Minas e com a Universidade Federal de Lavras (Ufla). 

Os cigarros foram transformados em adubo orgânico, bebidas alcoólicas e perfumes foram transformados em álcool em gel e os vestuários tiveram as logomarcas removidas para doação ou foram transformados em máscaras. 

Para as entidades sem fins lucrativos, foram mais de R$373 mil em mercadorias diversas que podem ser utilizadas nas atividades das entidades ou vendidas em bazar para angariar recursos. Mais de 30 entidades foram beneficiadas com destinações, incluindo hospitais, lares de idosos e associações de apoio a crianças e pessoas com necessidades especiais.

Além das destinações, 30% das mercadorias que estavam no depósito de mercadorias apreendidas da Receita Federal em Poços de Caldas foram leiloadas.

O Delegado Adjunto da  Receita Federal em Varginha auditor-fiscal Henrique Viegas destaca a relevância social desse trabalho "Ficamos muito felizes de poder contribuir na construção de um Brasil melhor. Dentro do espírito de Cidadania Fiscal, e sempre respeitando o princípio da legalidade, a Receita Federal consegue com a destinação devolver para a sociedade parte do que lhe foi tirado por meio de práticas ilegais e de concorrência desleal. Nesse sentido, o foco da atual administração é, sempre que possível, dar uma destinação sustentável às mercadorias apreendidas. Dessa forma, contribuímos significativamente com as políticas públicas e sociais de nosso país", disse.

www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 
 

Leia também:

 

Veículos apreendidos com traficantes vão a leilão dia 20, entre eles, um Jaguar XE R-Sport
"Força": organização solidária foi criada em Lavras para ajudar quem está em busca de trabalho
Há 190 anos Lavras foi elevada a categoria de Vila
Polícia Militar do Meio Ambiente de Lavras recupera veículo furtado
Acidente entre carro e motocicleta em Lavras deixa uma pessoa ferida
Homem que agrediu carteiro na sexta-feira em Lavras, agrediu outra pessoa neste domingo
Aprovado em Minas Gerais, o retorno de 100% dos alunos às salas de aulas
Carteiro foi agredido em Lavras por um homem com problemas psíquicos
O médico José Cherem, do Nupeb/Ufla, foi um dos entrevistados em reportagem do Estadão sobre as 600 mil mortes por Covid no Brasil
Ladrões invadem e furtam ferramentas em marmoraria de Lavras
 

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras