Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


Post: Jornalístico /


Publicada em: 11/09/2021 15:20 - Atualizada em: 11/09/2021 20:52
Bombeiros de Lavras estão combatendo incêndio em Carrancas que já dura 5 dias
O fogo já destruiu a paisagem de pontos turísticos conhecidos, como a Cachoeira da Esmeralda

Cena que os moradores de Carrancas estão assistindo desde o dia 6, segunda-feira. Fotos: Corpo de Bombeiros de Lavras

.

 @jornaldelavras     @jornaldelavras   (35) 99925.5481
   

O Corpo de Bombeiros de Lavras está trabalhando no combate a um incêndio de grandes proporções e que já consumiu cerca de 3 mil hectares de vegetação em Carrancas. O fogo começou na segunda-feira, dia 6, e até hoje não foi extinto, apesar dos esforços dos bombeiros, voluntários e da brigada de incêndio da cidade.

O tempo seco e a vegetação ressequida pela falta de chuva, além do vento forte, são os adversários dos bombeiros, que além desses fatores, tem dificuldade em acessar os locais como as serras que emolduram a cidade muito visitada. Pontos turísticos de Carrancas, conhecida como a Cidade das Cachoeiras, com o a Serra do Salto, os Complexos da Ponte e da Vargem e a Cachoeira da Esmeralda, estão sendo desfigurado pelas queimadas.

Alguns moradores da zona rural temem que tenham que abandonar suas casas devido ao risco da queimada descontrolada que avançam em direção a estas residências. Os bombeiros de Lavras estão contando com a ajuda da brigada de incêndio daquela cidade, além de voluntários e moradores da zona rural. Em alguns pontos, moradores da região ajudam a controlar o fogo.

A prefeitura e alguns fazendeiros da região estão ajudando com tratores para fazer aceiros para barrar o avanço das queimadas.

Devido à dificuldade de acesso aos locais, as equipes estão usando abafadores e pulverizadores costais. O secretário Municipal de Cultura, Turismo e Meio Ambiente, Saulo Brugger Salomão, disse que não há registro de incêndio dessa proporção no município desde 2014, quando três pessoas morreram queimadas.

Brugger disse ainda que, até o momento, nenhum morador teve de deixar sua casa e que também ninguém ficou ferido. Mas ele relatou também que um dos produtores do local precisou soltar seus animais como porcos, vacas e cavalos para não morrerem queimados.

www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 
 

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras