Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


Post: Jornalístico /


Publicada em: 26/08/2021 16:46 - Atualizada em: 26/08/2021 22:08
Lançamento de Livro editado em Lavras está na programação do Inverno Cultural de São João del-Rei
A obra "A Estrada e o Moirão", do escritor Vinícius Tobias (Mugido), foi publicada pela editora lavrense Capim-limão

O livro de poesias, onde são utilizados os gêneros haicai e o haibun de origens japonesas, é ilustrado por Alissa Cicarelli

.

 @jornaldelavras     @jornaldelavras   (35) 99925.5481
   

Será lançado hoje, quinta-feira, dia 26, às 17h30, em São João del-Rei, dentro da programação do Inverno Cultural daquela cidade, o livro "A Estrada e o Moirão", obra do escritor Vinícius Tobias (Mugido). O lançamento será transmitido ao vivo pela TV UFSJ.

O livro foi editado pela Capim-limão, editora artesanal sediada em Lavras. A obra é ilustrada pela artista plástica Alissa Cicarelli, ela é lavrense, mas mora em Uberlândia (MG), graduada no Curso de Artes Visuais pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Suas ilustrações usa a técnica de aquarela sobre papel, ela trabalha com ilustrações científicas. 

A Estrada e o Moirão são poesias em que o autor utiliza o gênero haicai e o haibun, que são de origens japonesas, um gênero de poesia com forma fixa, que possui três versos. O haibun é um texto curto em prosa, seguido por um ou mais haicais.

Além de ser uma obra diferente, o livro também é diferenciado dos demais por ter uma costura artesanal japonesa para combinar com a poética do haicai.

Os livros artesanais da Capim-limão passam por processos variados e demandam tempo na escolha da capa, dos materiais, das costuras, da revisão e da impressão. Mesmo que esses processos muitas vezes sejam demorados, mas no fim é gratificante ver os resultados.

Segundo Vinícius Tobias, "o livro A Estrada e o Moirão é uma aclimatação do gênero japonês haibun, que mescla um diário de peregrinação salpicado de haicais, poemas de três versos sobre o visto e vivido. Armado dessa prática poética como quem porta uma katana, Mugido parte em caminhadas deliciosas em busca de poemas, em foge de chuva, de vaca, de carcará, de bugios, de seriemas, de mosquitos e se refugia no próprio susto que esses animais causam contra o intruso. Com isso, o intruso foge, fica só o Mugido, sujo de terra e com gosto de capim na boca. Caminha-se por áreas de reflorestamento vizinhas de grandes indústrias, limiares entre floresta e cidade, estradas de terra e ruas vazias e escuras. Às vezes traz um haicai consigo, às vezes, só a felicidade de estar vivo".

O autor está realizando uma exposição virtual em seu Instagram, @viniciustobiasmugido, que também compõe a programação do inverno cultural.

A Capim-limão e editora é formada por Carlos Luz e Lutrícia Monti e está localizada em Lavras. Como editora, a Capim-limão tem o objetivo de apresentar novos escritores para o público, visando à qualidade literária dos trabalhos. "Os nossos processos são carregados de afeto, pois sabemos que cada objeto artesanal possui sua especificidade. Enquanto encadernadores e editores participamos de feiras, oficinas e eventos no Sul de Minas. O nosso principal objetivo é sensibilizar olhares e resgatar a importância do trabalho manual", explicou Lutrícia.


www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 
 

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras