Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


notícias /


Publicada em: 19/04/2021 14:44 - Atualizada em: 19/04/2021 18:20
Santa Casa de Lavras recebeu equipamentos da radioterapia - veja fotos
Equipamentos foram entregues ontem e a montagem foi iniciada imediatamente por uma equipe de profissionais comandada por um americano

Dois caminhões carregados com equipamentos de última geração no tratamento oncológico foram descarregados na manhã de ontem, domingo, na Santa Casa

.

 @jornaldelavras     @jornaldelavras   (35) 99925.5481

A Santa Casa de Lavras tem muita história, que começou em 1866, com a instalação da Irmandade de Nossa Senhora das Dores, que tinha por finalidade criar a Santa Casa de Misericórdia. Em abril de 1906 foi inaugurado o primeiro prédio da instituição.

Em julho de 1915, um feito em Lavras ganhou a mídia da capital federal, o Rio de Janeiro, quando foi realizada uma das mais importantes cirurgias que se tem notícia até os dias de hoje. Os médicos Paulo Menicucci, Oscar Botelho, Plínio Morais e João da Silva Penna, extirparam um fibroma de 40 quilos do corpo de uma mulher, que sobreviveu e durante três meses foi obrigada a reaprender a andar. O fibroma, um dos maiores do mundo, foi retirado através de uma laporatomia ampla, do epigástrio ao púbis. A cirurgia foi documentada pelo fotógrafo Antônio Costa Júnior e as fotos encontram-se nos arquivos do Museu Bi Moreira.

Em setembro de 1962, aquele prédio inaugurado em 1906 deu lugar a um moderno prédio projetado pela arquiteta Mirza Horta de Carvalho, com uma área total de 1.470 metros quadrados, com 12 apartamentos, 14 quartos, 2 salas cirúrgicas, laboratório, raio X, 2 consultórios e outros benefícios. Construído em dois pavimentos com rampa de acesso ao segundo piso, o prédio possuia um pátio interno para estacionamento de ambulâncias. Dez anos depois, em agosto de 1972, foi inaugurado o Centro de Tratamento Intensivo (CTI) na Santa Casa. O prédio foi demolido em 2019 para dar lugar a construção de um edifício moderno com dez andares, sendo dois para baixo para poder abrigar um "bunker" onde serão instalados os equipamentos de radioterapia. Os equipamentos chegaram ontem a Lavras, eles foram importados da Inglaterra a um custo de US$ 1.250 milhão de dólares.

A chegada dos equipamentos foi acompanhada pela imprensa, profissionais de saúde da Santa Casa, pela ex-deputada Dâmina Pereira, que viabilizou recursos financeiros na ordem de R$ 30 milhões para a construção do edifício. Também estava presente o ex-prefeito Carlo Alberto Pereira, marido da deputada Dâmina.

Segundo o provedor da Santa Casa, o médico Maciel Guerra Pierangelli, a chegada dos equipamentos a Lavras foi, além de um importante marco para a saúde, o primeiro passo para o credenciamento junto ao Sistema Único de Saúde (SUS), para o atendimento oncológico em Lavras.

O equipamentos, da marca Elekta que foram entregues em Lavras ontem, domingo, dia 18, são os mais modernos que existem hoje no mercado mundial são eles: braquiterapia e acelerador linear, além de acessórios necessários para a montagem dos aparelhos. Uma equipe de técnicos está em Lavras para realizar o trabalho, que deverá ser concluído em 30 dias.

Após a conclusão da montagem, toda a estrutura física será vistoriada por técnicos da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN), que é o orgão do governo brasileiro responsável pela orientação, planejamento, supervisão e controle do programa nuclear do Brasil. Segundo o médico Maciel, esta etapa deverá ser realizada em setembro, quando o serviço poderá entrar em operação.

Com toda estrutura montada, equipamentos e corpo clínico preparado, começará então a fase do credenciamento junto ao SUS, o que deve acontecer no primeiro semestre do próximo ano. A Santa Casa de Lavras já é credenciada no SUS e referência em obstetrícia, atende pacientes de Varginha até Oliveira, pacientes de gravidez de alto risco e UTI Neonatal. Ela é também referência em cirurgia de cabeça e pescoço, cirurgia vascular e geral. Além de ser referência regional em hemodiálise, em seu centro montado no bairro Cidade da Serra, centro que tem capacidade para atender até 600 pacientes simultaneamente.

O novo prédio, que deverá ser inaugurado no segundo semestre, tem 10 mil metros quadrados, ele terá um andar de mil metros quadrados com 30 leitos de CTIs; dois andares de maternidade com UTI Neonatal, totalizando dois mil metros quadrados; um andar inteiro com um dos maiores centros cirúrgicos do interior de Minas; moderno Centro de Diagnóstico de Imagens; Pronto-Socorro; um andar inteiro para atender pacientes com quimioterapia e uma garagem de mil metros quadrados.

O empreendimento vai gerar mais 400 empregos diretos, que somados aos atuais 613 empregos, chegarão a mais de mil empregos. Vale ressaltar que toda a estrutura mobiliária, camas elétricas e outros, serão colocados nos apartamentos particulares e também no atendimento do SUS, sem distinção.


 

www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 
 

Leia também:

 

Veículos apreendidos com traficantes vão a leilão dia 20, entre eles, um Jaguar XE R-Sport
"Força": organização solidária foi criada em Lavras para ajudar quem está em busca de trabalho
Há 190 anos Lavras foi elevada a categoria de Vila
Polícia Militar do Meio Ambiente de Lavras recupera veículo furtado
Acidente entre carro e motocicleta em Lavras deixa uma pessoa ferida
Homem que agrediu carteiro na sexta-feira em Lavras, agrediu outra pessoa neste domingo
Aprovado em Minas Gerais, o retorno de 100% dos alunos às salas de aulas
Carteiro foi agredido em Lavras por um homem com problemas psíquicos
O médico José Cherem, do Nupeb/Ufla, foi um dos entrevistados em reportagem do Estadão sobre as 600 mil mortes por Covid no Brasil
Ladrões invadem e furtam ferramentas em marmoraria de Lavras

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras