Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


notícias /


Publicada em: 01/04/2021 10:47 - Atualizada em: 01/04/2021 14:19
Vereador Possato vai propor campanha de arrecadação de alimentos e pede adesão da população
"Vamos usar a própria pandemia para poder combater a fome que a pandemia está impondo"

   

Vereador Marcos Possato, idealizador da campanha. Imagem de arquivo do Jornal de Lavras

.

 @jornaldelavras     @jornaldelavras   (35) 99925.5481
   

O vereador Marcos Possato disse que está presenciando, no dia a dia, a situação de pessoas que foram afetadas indiretamente com a pandemia, ele se referiu não às vítimas infectadas pelo coronavírus, mas pessoas que perderam empregos e que recorreram ao mercado informal, porém, eles, segundo Possato, foram afetados pela segunda onda da pandemia, sendo obrigados a se recolher durante a onda roxa e outras restrições impostas pela necessidade de conter o vírus.

"Muita gente está passando fome, são pessoas que sempre trabalharam e, de repente, perdem seus empregos e as formas de se manterem". Possato disse que a busca na Câmara Municipal por ajuda tem deixado ele emocionalmente abalado, "são pessoas em busca de empregos, de medicamentos e principalmente por alimentos, isso é muito triste", disse.

Possato falou que, sozinho, não consegue ajudar muitas pessoas, foi então que teve uma ideia: vai propor o início de uma campanha de solidariedade para arrecadar alimentos e vai usar a própria pandemia para fazer isso. Segundo ele, a campanha que ele vai propor, vai envolver aqueles que receberão as doses de vacinas: "cada pessoa que for vacinada, e sentir no coração que pode ajudar, poderá levar um quilo de alimento não perecível e fazer sua doação no local". Segundo ele, seria uma forma de ajudar e de agradecer a Deus a oportunidade de ser imunizado, ajudando o próximo.

Visivelmente emocionado, o vereador Marcos Possato disse que deve ser frisado que a campanha solidária é voluntária, "a pessoa deve deixar o seu coração falar, se ele achar que deve e pode ajudar, leve sua contribuição", disse.

O vereador disse ainda que sua proposta é que os alimentos arrecadados sejam entregues nas entidades filantrópicas, para o Banco de Alimentos Municipal, que darão destino certo às cestas básicas que seriam formadas.

O vereador falou de uma situação específica que o levou a ter esta ideia: uma pessoa que é segurança de eventos, chegou até ele com lágrimas nos olhos e pediu ajuda, pois não tem comida em sua casa para seus filhos. O vereador disse que se o rapaz pedisse ajuda, muitos poderiam dizer que se tratava de um homem forte, mas as pessoas ainda não perceberam que a crise chegou a todos, que de uma forma ou de outra, todos serão afetados e este é o momento de ajudar uns aos outros.

O vereador disse que vai apresentar este projeto na Câmara Municipal, secretaria de Ação Social ou a qualquer instituição que queira assumir a responsabilidade de recolher e distribuir estes alimentos. Ele falou que espera contar com a ajuda de todos, de políticos, imprensa, voluntários, pessoas ligadas a filantropia, a religiões ou qualquer um que queira ajudar a combater a fome, que pode ser tão letal quanto o vírus. 

www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 
 

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras