Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


notícias /


Publicada em: 29/03/2021 09:30 - Atualizada em: 29/03/2021 14:53
Editorial: Já passou da hora do Governo de Lavras agir de verdade
A Covid está avançando e matando. O que está sendo feito de real e concreto para conter isso?

Prefeitura de Lavras

.

 @jornaldelavras     @jornaldelavras   (35) 99925.5481
   

Em Lavras, de segunda-feira, dia 22, até ontem, domingo, dia 28, foram confirmados mais 295 novos casos de Covid, além de 8 mortes, sendo três de lavrenses com idades de 47, 51 e 60 anos. Isso mostra o quanto a doença tem avançado e afetado diretamente pessoas que não são necessariamente idosas. Ontem, domingo, foram 34 novos casos, desses, pouco mais de 76% tem idades inferiores a 50 anos, desses, um jovem de 18 anos está internado em ambiente hospitalar.

Do dia primeiro de março até ontem, dia 28, foram confirmados 1068 novos casos da doença em Lavras, além de 21 mortes, sendo de moradores de outras localidades que faziam tratamento em Lavras e de lavrenses. Isso representa uma morte em Lavras por Covid a cada 32 horas. As Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs) estão lotadas, para se chegar a uma vaga numa UTI, infelizmente passa pelo óbito de outra pessoa na maioria das vezes.

Diante deste quadro catastrófico, torna-se necessário lutar contra este avanço. Não adianta as autoridades de saúde do município ficarem assistindo os profissionais de saúde se digladiarem contra a doença, elas tem que fazer alguma coisa e o que está ao alcance delas é fiscalizar ininterruptamente aglomerações, abrir canais de comunicação com o povo para oportunizar as denúncias de aglomerações, fazer cessá-las imediatamente, fazer valer as medidas de segurança  e promover a vacinação no maior número de pessoas possível.

Na pandemia de 1917, a gripe espanhola, apesar dos parcos recursos, um grupo se empenhou para poder salvar vidas em Lavras e região, destacamos os farmacêuticos Albino Henrique Ferreira Duque e João Modesto, de Perdões, o Capitão Francisco Ribeiro de Carvalho, da Cruz Vermelha e os médicos Oscar Botelho, João da Silva Penna, que era o Agente Executivo da época e principalmente o médico Paulo Menicucci.

A prefeita de Lavras, Jussara Menicucci, é neta do médico Paulo Menicucci, que foi um herói na luta contra a gripe espanhola, é filha do médico Sylvio Menicucci e casada com o médico Célio de Oliveira. Hoje a prefeita Jussara Menicucci tem nas mãos uma folha em branco para ela poder escrever, ou não, mais um capítulo da história de sua família tanto na área da saúde quanto à frente do executivo. Vale lembrar que Paulo Menicucci, Sylvio Menicucci e Célio de Oliveira, também ocuparam a cadeira do executivo lavrense, e fizeram história.

Para isso, a prefeita tem que tomar medidas rápidas, a doença avança e mata, a saúde tem pressa. Decretar as normas e informá-las à população é somente uma das coisas a ser feita, o primeiro passo. Quando a população não se conscientiza e age de forma a desrespeitar as normas, deve-se entrar o poder fiscalizador do Governo. Acontece que em Lavras, o Poder Executivo parou nessa primeira etapa e parece não conseguir avançar em suas funções.

Medidas devem ser imediatamente colocadas em prática, tais como: manter uma Ouvidoria Municipal atuante e realmente efetiva durante este período de "guerra", com atendentes se revezando durante 24 horas, sem fechar para almoço e jantar, para poder registrar, inclusive das 18h até às 8h, as denúncias de aglomerações e desrespeitos às medidas protetivas recomendadas. Plantão de segunda a segunda-feira.

Afinal, de que adianta sacrificar o comércio, empreendimentos,  empregos e a economia, como está sendo feito, e continuar deixando "correrem soltos" festas, eventos clandestinos e aglomerações? Assim, irão passar dias e meses, o número de casos somente crescerá e o sacrifício do comércio/economia será em vão. 

Deve-se manter de plantão 24 horas, também todos os dias, inclusive sábados e domingos, equipes de fiscalização, que acionadas pelas denúncias da Ouvidoria, se deslocam até o local e, se tiverem dificuldades, acionam a Polícia Militar. A fiscalização é por conta da prefeitura e não da PM, a Polícia Militar apenas apoia o trabalho de fiscalização da prefeitura quando solicitada.

Deve-se fiscalizar, real e efetivamente, o uso de máscaras em espaços públicos de uso coletivo ou privado, tal como determina os Decretos. Não adianta existir norma apenas no papel, principalmente em meio a uma pandemia, quando vidas estão em jogo. A coisa mais comum é sair pelas ruas e ver pessoas sem o uso de máscaras. Será que as autoridades não estão conseguindo enxergar o que todos conseguem facilmente ver? 

Também, e principalmente, é necessário manter a vacinação inclusive nos sábados, domingos e feriados, pois estamos "em guerra" contra um vírus. Do dia primeiro de março até ontem, domingo, dia 28, tivemos 1068 casos da doença, isso dá uma média diária de 38,14 novos casos da doença. Em um mês temos 4 sábados e 4 domingos, isso representa um avanço médio de 305 novos casos em dias dentro do mês que não houve vacinação. Nesse tempo de guerra, não dá para simplesmente fechar as portas e parar o trabalho por causa de sábados, domingos e feriados. É necessário colocar profissionais em número suficiente para se revezarem e não parar a vacinação em nenhum dia.

Também é necessário se reunir com os prefeitos do entorno de Lavras e redigir uma pauta que atenda a todos os municípios, como por exemplo: proibir a venda de bebidas alcoólicas aos finais de semana. Em grande parte das cidades do entorno, a venda está proibida, mas os moradores destas cidades veem a Lavras e compram as bebidas, já que aqui não existe tal proibição, e promovem aglomerações aqui e em suas cidades.

Criar uma Comissão de Gerenciamento de Crise de Saúde Pública, solicitar ao LabCovid que indique um representante, ao Hospital Vaz Monteiro e a Santa Casa que também indiquem, solicitar ao 8º Batalhão que também indique um representante, um militar estrategista. Não colocar nesta comissão, em hipótese alguma, nenhum político do Executivo e principalmente do Legislativo que queira apenas tirar vantagem da situação.

Até hoje não se sabe por que os vereadores de Lavras não exigiram isso, por que eles também não se juntam ao executivo para formar uma frente de combate a pandemia?

A prefeita tem de exigir do secretário Municipal de Saúde que ele assuma seu papel de prestar informações, e forneça dados concretos à população de quantas doses de vacinas foram ministradas, quantas pessoas já foram testadas, como está a programação da chegada dos imunizantes, quais as vacinas que estão sendo ministradas, o que a população pode fazer para ajudar a conter o avanço da doença, quais os cuidados que os já vacinados devem ter e esclarecer todas as dúvidas dos lavrenses e principalmente da imprensa, que não consegue ter acesso a ele.

Esperamos que comecem o mês de abril agindo, com projetos para conter o avanço da pandemia em nosso município. Com projetos e fiscalizações efetivas. 

Prefeita Jussara Menicucci, a senhora tem material humano para implementar um novo projeto para salvar vidas, a senhora tem autoridade para isso.

E pefeita Jussara Menicucci, a senhora pode agir e errar, será perdoada por isso, afinal, todos nós erramos, mas o que a senhora não pode é omitir, isso a história lhe cobrará, principalmente em se tratando de vidas humanas. Saúde pública é coisa séria, não é jogo político, e ao se candidatar em meio a uma pandemia, a senhora já sabia o que iria enfrentar. Se candidatou e convenceu pessoas a votarem em sua chapa, então tem o dever de mostrar que mereceu tais votos.

Chega de direcionar esforços para tentar convencer a população de que a culpa é do governo passado, chega de colocar medidas somente no papel, chega de ficar somente falando, chega de fingir que fiscaliza. Chega! As vidas expostas ao vírus não esperam e todo o esforço das autoridades deve ser direcionado a esta finalidade. Já passou da hora de efetivamente agir!

 

Jornal de Lavras

 

www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 
 

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras