Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


cotidiano / Saúde /


Publicada em: 12/03/2021 09:10 - Atualizada em: 12/03/2021 12:43
Zema demite secretário de Estado de Saúde depois de denúncias de fura-fila na vacinação
Vacinaram o próprio secretário e mais 805 servidores da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais

Carlos Eduardo Amaral, secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, que foi demitido ontem por causa de ter furado fila na corrida para a imunização da população

.

  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

O governador Romeu Zema (Novo) afastou o secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, Carlos Eduardo Amaral, a medida foi tomada na noite de ontem, quinta-feira, dia 11, após denúncia da Assembleia Legislativa de que ocorreu fura-fila na vacinação: o secretário e mais 805 servidores da pastas foram beneficiados com a vacina, que teoricamente teria que ser direcionada para a população. Diferente de Lavras, onde a maioria dos vereadores omitiram e abafaram o pedido de instauração de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito).

A denúncia de fura-fila em Lavras acabou na Polícia Civil que está investigando, a suspeita de que vereadores se beneficiaram imunizando parentes, por esta razão eles não assinaram o pedido de CPI pedido pelo vereador Marcos Possato. 

Sobre o afastamento do secretário de Estado de saúde de Minas Gerais, o governador Romeu Zema publicou em suas redes sociais: "Comunico o afastamento do Dr. Carlos Eduardo da Secretaria Estadual de Saúde. Agradeço o trabalho que realizou à frente da secretaria, em especial no combate à pandemia e na gestão para a futura retomada das obras dos Hospitais Regionais no Estado". Zema ainda completou: "Minas Gerais tem um dos melhores resultados no enfrentamento ao coronavírus graças à responsabilidade da gestão. Seguiremos atuando com eficiência e transparência para que a vacina chegue logo a todos os mineiros".

Diferente de Zema, o secretário Municipal de Saúde de Lavras, Hermógenes Vanelli, faltou com a verdade, determinando uma servidora de carreira que gravasse um vídeo através do qual envolveu o Ministério Público e, em seguida, o MP desmentiu o secretário.

 

Entenda o caso de Minas Gerais

Após surgimento de informações de que funcionários da Secretaria de Estado de Saúde haviam sido imunizados e mal-estar dentro do governo por causa disso, Amaral afirmou que 806 servidores tomaram a dose da vacina, inclusive ele. No entanto, de acordo com o secretário, tudo foi feito conforme as regras.

"Toda operação feita foi dentro da legalidade estrita, seguindo as orientações do Ministério da Saúde. Ou seja, estamos dentro do Plano Nacional de Imunização, fizemos deliberações vinculadas a esse plano na esfera máxima de controle", afirmou.

O que teria agravado a situação foi a pressão por parte do Legislativo. Nesta quinta-feira, o presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), Agostinho Patrus (PV), instaurou uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar as denúncias. Diferente da Câmara Municipal de Lavras.

 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 
 

Leia também:

 

Santa Casa de Lavras recebeu equipamentos da radioterapia - veja fotos
Empresário de Perdões tem dedos arrancados por criminosos durante assalto
Veículo pegou fogo quando estava passando pela Zona Norte de Lavras - veja fotos
Copasa anuncia ampliação do sistema de abastecimento de água em Lavras
Professor Scolforo deixará a vice-reitoria da Ufla na próxima semana e explicou motivos em sua carta de renúncia
Corpo de Bombeiros de Lavras resgata ciclista que se acidentou na noite desta segunda-feira
Vereador Bira foi eleito presidente da Câmara Municipal de Lavras
Prefeitura de Lavras publica novo decreto sobre o funcionamento das atividades comerciais no município
Covid matou 5 políticos neste final de semana, três deles no Sul de Minas
Colisão entre motocicletas no centro de Lavras deixa motociclista gravemente ferido
Quatro homens, sendo um armado, assaltaram uma residência em Lavras
Governo do Estado decide que o Sul de Minas continua na onda roxa por pelo menos mais uma semana
Equipe de cardiologia do Hospital Vaz Monteiro realizou cirurgia inédita no interior de Minas
Lote de vacinas que chega nesta terça-feira em Lavras será usado para segunda dose
Vereador Lauro Mesquita protocola pedido da CPI do Cislav na Câmara Municipal

.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras