Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


polícia / Diversos /


Publicada em: 09/03/2021 08:20 - Atualizada em: 09/03/2021 12:34
Polícia Civil de Campo Belo investiga mulher suspeita de cometer crime de racismo
Ela teria dito em um áudio que correu pela cidade: "Deus me livre desse bicho, desse urubu." A mensagem foi repassada em redes sociais

Delegado Alessandro Gambogi, responsável pela investigação. Fot6o: Diário Campo Belo

.

  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

A Polícia Civil de Campo Belo analisa uma denúncia a uma técnica de enfermagem por supostamente cometer crime de racismo naquela cidade.O caso está sendo investigado mesmo sem a denúncia da vítima. A investigada teria feito ofensas em um áudio contra um grupo de pessoas negras do bairro onde ela mora. O conteúdo foi compartilhado nas redes sociais e teve repercussão na cidade. A mulher teria dito nas mensagens: "Esse tipinho, odeio preto e tenho nojo" e "Deus me livre desse bicho, desse urubu".

O áudio chegou até a polícia depois que algumas pessoas aglomeraram na porta da casa da suspeita e estavam jogando pedra no imóvel. Um boletim de ocorrência foi registrado incluindo os áudios e mensagens de cunho racista enviadas pela mulher.

"A própria suspeita teria acionado a Polícia Militar após um aglomerado na sua residência. A mulher foi conduzida até a delegacia de Polícia Civil até para preservar a integridade dela, que corria o risco até de ser linchada", disse delegado Alessandro Gambogi, que disse ainda: "São ofensas, discriminações proferidas pelo autor a uma coletividade. Então, não há uma vítima específica, a vítima é toda a coletividade. Esse crime não tem um prazo de prescrição, não tem uma vítima específica e a ação pública, o próprio estado deve processar o autor desse crime", explicou o delegado.

De acordo com o delegado que abriu o inquérito para investigar o caso, a suspeita foi ouvida e, inclusive, já divulgou um vídeo tentando se retratar pedindo desculpas para as pessoas que se sentiram ofendidas.

"O que tudo indica é que os áudios teriam sido emitidos para uma terceira pessoa, que teria tornado público. O inquérito policial foi aberto para apuração do caso dos áudios, que foram encaminhados para a perícia. Apesar da suspeita ter confessado a autoria dos áudios, temos que finalizar a perícia e descobrir a circunstância de que foram emitidos. Por isso, também é necessário identificar esse interlocutor", afirmou Gambogi.

 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 
 

Leia também:

 

Santa Casa de Lavras recebeu equipamentos da radioterapia - veja fotos
Empresário de Perdões tem dedos arrancados por criminosos durante assalto
Veículo pegou fogo quando estava passando pela Zona Norte de Lavras - veja fotos
Copasa anuncia ampliação do sistema de abastecimento de água em Lavras
Professor Scolforo deixará a vice-reitoria da Ufla na próxima semana e explicou motivos em sua carta de renúncia
Corpo de Bombeiros de Lavras resgata ciclista que se acidentou na noite desta segunda-feira
Vereador Bira foi eleito presidente da Câmara Municipal de Lavras
Prefeitura de Lavras publica novo decreto sobre o funcionamento das atividades comerciais no município
Covid matou 5 políticos neste final de semana, três deles no Sul de Minas
Colisão entre motocicletas no centro de Lavras deixa motociclista gravemente ferido
Quatro homens, sendo um armado, assaltaram uma residência em Lavras
Governo do Estado decide que o Sul de Minas continua na onda roxa por pelo menos mais uma semana
Equipe de cardiologia do Hospital Vaz Monteiro realizou cirurgia inédita no interior de Minas
Lote de vacinas que chega nesta terça-feira em Lavras será usado para segunda dose
Vereador Lauro Mesquita protocola pedido da CPI do Cislav na Câmara Municipal

.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras