Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


destaque / História /


Publicada em: 02/03/2021 14:29 - Atualizada em: 02/03/2021 19:39
Curiosidade: o último show da banda Mamonas Assassinas seria em Lavras, há exatamente 25 anos
Hoje está fazendo 25 anos que um acidente aéreo acabou com a banda de rock de maior sucesso no Brasil. Você sabia que o último show da banda seria em Lavras?

O Mamonas Assassinas chegou a fazer 30 apresentações por mês até o desastre aéreo vitimar todos os integrantes

.

  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

Em 2 de março de 1996, o Brasil acordava com a triste notícia da morte de todos os integrantes do Mamonas Assassinas em um acidente aéreo. Há exatamente 25 anos, num sábado, às 23h30, a aeronave que eles viajavam se chocou com a Serra da Cantareira, quando a banda estava voltando para casa. Todos a bordo morreram. A tragédia encerrava a curta e meteórica carreira do grupo, que era formado por Dinho (vocal), Samuel Reoli (baixo), Júlio Rasec (teclado), Sérgio Reoli (bateria) e Bento Hinoto (guitarra). 

O fenômeno musical que agradou a todas as faixas etárias vendeu na época, em seis meses, quase dois milhões de cópias, número este somente atingido por Roberto Carlos em seu 17ª LP, isso sem contar as cópias pirateadas, que chegaram a atingir, segundo especialistas do ramo, o mesmo número de cópias vendidas legalmente.

Adultos, adolescentes e crianças sabiam de cor as letras escrachadas do grupo que mesclava rock com outros estilos de maneira original. Não havia uma música de trabalho - quase todas eram sucessos. Quem não se lembra, por exemplo, de "Peladius em Santos", "Chopis Centis" ou "Bois Don''t Cry"?

Mamonas Assassinas fizeram seu último show em Brasília, no estádio "Mané Garrincha"; porém, seu último show seria realizado em Lavras, no mesmo dia e horário.

De acordo com a cópia do contrato redigido em 12 de janeiro de 1996, onde assinaram Ricardo Bonadio, Sam Roberto Elia e a contratante Prefeitura Municipal de Lavras, o show dos Mamonas Assassinas seria realizado em Lavras no dia 2 de março de 1996, em lugar que seria determinado; o espetáculo, segundo o parágrafo primeiro do contrato, seria realizado às 21h e teria a duração de uma hora de show.

Os garotos dos Mamonas Assassinas exigiam, de acordo com o parágrafo sétimo, que a contratante, no caso a Prefeitura de Lavras, "fornecesse boas instalações de camarins, com sala e espelho, um banheiro com chuveiro, ventilador, dez cadeiras, duas mesas, três caixas de água mineral, sendo uma gelada, 40 latas de refrigerantes, frutas da época, salgados, 15 toalhas e seguranças para os integrantes do grupo.

O show em Lavras só não foi concretizado devido a dois problemas contratuais: o empresário dos rapazes apresentou uma proposta de show no valor de R$ 35 mil; posteriormente, num segundo contato com a Secretaria de Esporte, Lazer e Turismo (Selt), que tinha como titular o secretário José Oscar Vieira, a qual deveria trazer a Banda a Lavras, o valor simplesmente passou para R$ 65 mil.

Outro fator que contribuiu bastante para a desistência do show em Lavras foi uma cláusula do contrato que dizia que se um membro da Banda, por motivo de doença, não pudesse comparecer, todos os membros não compareceriam, porém a contratante (Prefeitura de Lavras), deveria fazer o pagamento integral, mesmo não sendo realizado o show.

Devido a estes dois entraves, Mamonas Assassinas não se apresentaram em Lavras, sendo imediatamente contratados para o lamentável e inesquecível show de Brasília, que resultou no fim trágico da banda de rock que se projetou sem imposição da mídia, sem fazer uso e propaganda de drogas e com uma irreverência jamais vista em qualquer grupo musical.

 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 
 

Leia também:

 

Santa Casa de Lavras recebeu equipamentos da radioterapia - veja fotos
Empresário de Perdões tem dedos arrancados por criminosos durante assalto
Veículo pegou fogo quando estava passando pela Zona Norte de Lavras - veja fotos
Copasa anuncia ampliação do sistema de abastecimento de água em Lavras
Professor Scolforo deixará a vice-reitoria da Ufla na próxima semana e explicou motivos em sua carta de renúncia
Corpo de Bombeiros de Lavras resgata ciclista que se acidentou na noite desta segunda-feira
Vereador Bira foi eleito presidente da Câmara Municipal de Lavras
Prefeitura de Lavras publica novo decreto sobre o funcionamento das atividades comerciais no município
Covid matou 5 políticos neste final de semana, três deles no Sul de Minas
Colisão entre motocicletas no centro de Lavras deixa motociclista gravemente ferido
Quatro homens, sendo um armado, assaltaram uma residência em Lavras
Governo do Estado decide que o Sul de Minas continua na onda roxa por pelo menos mais uma semana
Equipe de cardiologia do Hospital Vaz Monteiro realizou cirurgia inédita no interior de Minas
Lote de vacinas que chega nesta terça-feira em Lavras será usado para segunda dose
Vereador Lauro Mesquita protocola pedido da CPI do Cislav na Câmara Municipal

.

  

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras