Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


cotidiano / Meio Ambiente /


Publicada em: 12/01/2021 21:13 - Atualizada em: 12/01/2021 23:35
Temporais inundaram as cidades de Lambari, Maria da Fé e Barbacena
Os temporais desabaram sobre estas cidades na tarde ontem e na madrugada de hoje

Maria da Fé. Foto Luiz Ricardo / Plantão 24 horas Minas Gerais

.


Dê play e conheça o Toledo Residencial


  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

Cidades das regiões do Sul de Minas e Campo das Vertentes registraram alagamentos devido as pancadas de chuva que caíram na tarde de ontem e madrugada de hoje. Casas foram interditadas e alagamentos inundaram residências em Lambari, no Circuito das Águas, Maria da Fé, no Sul de Minas, e Barbacena, no Campo das Vertentes.

Em Lambari, na tarde de ontem um temporal desabou sobre a cidade e muitas ruas ficaram inundadas e casas foram alagadas. O Parque de Águas também ficou inundado e na manhã de hoje, a Secretaria Municipal de Turismo divulgou uma nota comunicando que a mais importante atração turística da cidade, o Parque de Águas, foi fechado, visto que as fontes de águas minerais tiveram contato com a água de chuva. As águas minerais passarão agora por análises para saber se não foram contaminadas, o Parque permanecerá fechado por tempo indeterminado. A chuva que inundou Lambari caiu na tarde de ontem, segunda-feira, dia 11, das 16h às 17h.

Em Maria da Fé, com um temporal que desabou sobre aquela cidade na madrugada de hoje, terça-feira, dia 12, e pegou os moradores de surpresa, o ribeirão Posses subiu rapidamente e transbordou pelo segundo dia consecutivo e inundou casas nos bairros Posses, Mata do Isidoro, Grota e Goiabal, deixando famílias ilhadas. A chuva também destruiu pelo menos cinco pontes, além de destruir lavouras na zona rural da cidade. A chuva que caiu em Maria da Fé teve duração de uma hora e meia. Na manhã de hoje, o Corpo de Bombeiros esteve prestando socorro as famílias que foram ilhadas pela cheia do ribeirão.

Em Barbacena, no Campo das Vertentes, uma chuva forte caiu na cabeceira de uma das nascentes do rio das Mortes e a cabeça d'água atingiu a região de Correia de Almeida, as águas arrastaram carros, destruiu pontes e inundou casas, de acordo com o coordenador da Defesa Civil Estadual, Subtenente Vidigal, pelo menos 50 pessoas estão desalojadas. O levantamento prévio aponta que uma casa foi totalmente destruída e outras 20 tiveram suas estruturas afetadas.

Uma mulher de 34 anos foi arrastada pelas águas, ela conseguiu agarrar em galhos até ser socorrida pelos bombeiros, porém, ela foi picada por uma cobra jararaca e quando foi resgatada já estava sentindo os efeitos do veneno do réptil. Ela foi levada para o hospital Regional de Barbacena, onde foi constatado que ela foi ofendida com três picadas da cobra.

Em outra localidade, a cos Costas, água subiu cerca de 2 metros e seis famílias ficaram ilhadas e isoladas em uma residência até ser socorrida pelos bombeiros.

Com informações da Defesa Civil de Minas Gerais e do jornal Plantão 24 Horas Minas Gerais 

 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 
 

Leia também:

Mais informações sobre o assassinato do estudante da Ufla que estava desaparecido Ladrão arrombou estabelecimentos comerciais em Ijaci e foi preso pela PM em Lavras
   
Acidente em Lavras envolvendo automóvel e caminhão guincho deixa motorista ferido Cemig alerta sobre a importância de manter atualizada a titularidade do contrato de fornecimento de energia
   
Pesquisadores da Ufla desenvolvem tecnologia inovadora envolvendo bioenergia e tratamento de esgoto PM apreende droga em Lavras com ajuda de cães farejadores
   
.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras