Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


cotidiano / Saúde /


Publicada em: 19/12/2020 15:00 - Atualizada em: 21/12/2020 05:20
Hospital Vaz Monteiro é o primeiro da região a realizar Ablação de Fibrilação Atrial
Procedimento mais eficiente para o tratamento das arritmias cardíacas, realizada através dos cateteres por veias e artérias, sem a necessidade de abertura do tórax

Participaram do procedimento inédito na região os médicos: cardiologistas Marcos Cherem e Leandro Boueri Ticle, hemodinamicista Dirceu Dias Sobrinho, arritmologista Ricardo Ferreira e a anestesiologista Ludmilla Carvalho

.


Dê play e conheça o Toledo Residencial


  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

Através da equipe de cardiologia e hemodinâmica, o Hospital Vaz Monteiro passou a oferecer em Lavras o tratamento minimamente invasivo da Fibrilação Atrial.

A Fibrilação Atrial é a arritmia cardíaca mais frequente na população em geral e é responsável por aproximadamente 30% de todas as internações hospitalares por arritmia, podendo causar sintomas como palpitações, fadiga e falta de ar. Além disso a Fibrilação Atrial aumenta muito o risco de Acidente Vascular Cerebral ("Derrame Cerebral"), especialmente quando não tratada e acompanhada por um profissional médico.

Isso acontece porque as pessoas com Fibrilação Atrial são cinco a sete vezes mais propensas a formar coágulos de sangue no interior do coração e, com o deslocamento desses coágulos através da aorta e posteriormente pelas artérias do pescoço e cérebro, virem a sofrer uma obstrução (embolia arterial), levando ao Acidente Vascular Cerebral ("Derrame") do tipo isquêmico (por entupimento de vasos sanguíneos arteriais). 

O diagnóstico da Fibrilação é facilmente feito através de um eletrocardiograma em uma consulta cardiológica ou com clínico geral. Seu tratamento consiste em controle da frequência cardíaca e tentativas de reversão ao ritmo normal, através de medicamentos, cardioversão elétrica e mais recentemente a ablação de arritmias.

O tratamento mais avançado e que está agora disponível em Lavras através da equipe de cardiologia do Hospital Vaz Monteiro é a ablação por cateter, em que através da simples punção de uma veia cateteres diagnósticos e terapêuticos são levados até o coração onde mapeiam e posteriormente eliminam os focos de arritmia, com taxas de sucesso terapêutico de longo prazo de até 70%.

Na última sexta feira, 18/12, a equipe coordenada pelo cardiologista Marcos Cherem realizou, com sucesso, três procedimentos de ablação de fibrilação atrial, sendo que todos os pacientes receberam alta com menos de 24 horas de internação. Segundo o cardiologista "mais uma vez o Vaz Monteiro traz para Lavras, com sucesso e através de muito trabalho, tratamentos de ponta oferecidos anteriormente apenas em grandes centros".

Participaram do procedimento os seguintes médicos: cardiologistas Marcos Cherem e Leandro Boueri Ticle, hemodinamicista Dirceu Dias Sobrinho, arritmologista Ricardo Ferreira e a anestesiologista Ludmilla Carvalho.

 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 
 

Leia também:

Mais informações sobre o assassinato do estudante da Ufla que estava desaparecido Ladrão arrombou estabelecimentos comerciais em Ijaci e foi preso pela PM em Lavras
   
Acidente em Lavras envolvendo automóvel e caminhão guincho deixa motorista ferido Cemig alerta sobre a importância de manter atualizada a titularidade do contrato de fornecimento de energia
   
Pesquisadores da Ufla desenvolvem tecnologia inovadora envolvendo bioenergia e tratamento de esgoto PM apreende droga em Lavras com ajuda de cães farejadores
   
.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras