Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


polícia / Diversos /


Publicada em: 25/10/2020 13:10 - Atualizada em: 25/10/2020 18:12
Mais um caso de espancamento de criança foi registrado no Sul de Minas
A criança de 3 anos está internada na UTI, está entubada e corre risco de morte

Hospital de Clínicas Samuel Libânio, onde a criança está internada em estado grave

.


Diário da obra Dê play para ver

  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

Na quinta-feira, dia 22, os lavrenses ficaram revoltados com a notícia de agressão a uma criança de apenas 5 anos, ela foi agredida pelo padrasto, que tem 16 anos, com a conivência e participação da mãe, que tem 21 anos. A criança foi surrada com um fio elétrico, tomou pancadas no rosto e na cabeça. Os vizinhos do casal intercederam a tiraram a criança e agrediram o casal, os dois foram levados para a Delegacia de Polícia, ela foi presa e ele, por ser menor, foi colocado em liberdade.

Agora outra notícia de agressão à criança chama a atenção das autoridades: um menino de apenas 3 anos foi violentamente agredido na cidade de Santa Rita do Sapucaí, a criança está internada em estado grave, correndo risco de morte, na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) do Hospital Samuel Libânio, em Pouso Alegre, ela está entubada.

A criança foi internada ontem, sábado, dia 24, com vários ferimentos no corpo. A mãe alegou que estava no quarto quando ouviu um barulho no outro quarto, onde estava a criança, segundo ela, um guarda-roupas havia caído sobre o menino. Inicialmente a criança foi levada, pela mãe, para o Hospital de Santa Rita do Sapucaí, mas devido à gravidade de seu estado de saúde, ela foi transferida para Pouso Alegre. O menino está com o braço quebrado, hemorragia abdominal, marcas de mordidas e queimaduras de cigarro. Os médicos desconfiaram e chamaram a polícia, que suspeita que a mãe e/ou o namorado dela tenham agredido o garoto.

Sobre as queimaduras no corpo da criança, a mãe disse que foram respingos de fritura de peixes, que a criança estava próximo quando ela fazia a fritura, quando espirrou gordura quente no garoto. Questionada sobre as mordidas, ela disse que foram feitas pelo cachorro da família. A mulher foi presa e conduzida para o presídio de Caxambu, no Sul de Minas. Um outro filho dela, de 2 anos, foi ouvido também pela polícia, ele estava machucado e contou que foi o namorado de sua mãe que havia lhe batido. 

O namorado da mãe tem passagens pela polícia por diversos crimes, inclusive homicídio, ele não foi encontrado. A criança de 2 anos está sob a guarda da avó materna. O Conselho Tutelar em Santa Rita do Sapucaí acompanha o caso e informou que já havia denúncias de maus-tratos envolvendo a família.

 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 
 

Leia também:

 

Casal que vendia droga pelo sistema delivery e recebia com cartão foi preso em Lavras
IBGE vai contratar 106 pessoas em Lavras para a realização do Censo 2021
Gasolina e óleo diesel terão reajuste nesta sexta-feira; este é o quarto reajuste do ano
SES vai suspender cirurgias eletivas não essenciais em todo o estado por causa da Covid
Procura por agricultor de Lavras que estava desaparecido chega ao fim de forma trágica
Vereador Possato protocolou pedido de instauração da CPI das Vacinas em Lavras
LabCovid: Ufla explica como funciona o laboratório - veja vídeo
Copasa pode ter que devolver cobrança a mais de 500 mil consumidores
Acidente na BR-265 destrói 16 doses de vacina contra Covid
Ladrões furtaram bobinas de fios de cobre para vender como sucata em Lavras, material avaliado em R$ 10 mil

.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras