Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


cotidiano / Meio Ambiente /


Publicada em: 15/10/2020 11:27 - Atualizada em: 15/10/2020 15:00
Empresa responsável pelo incêndio na serra em Ibituruna, foi multada em mais de R$ 3 milhões
A multa foi aplicada pela Polícia Militar do Meio Ambiente, baseada em um laudo da Polícia Civil de Minas Gerais

A área destruída foi de 615 hectares, o fogo destruiu a mata, deixou um rastro de destruição e matou diversos animais. Fotos: Polícia Ambiental de Lavras
 

.


Diário da obra Dê play para ver

  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

A Polícia Militar do Meio Ambiente, de Lavras, concluiu e encerrou ontem, quarta-feira, dia 14, a ocorrência de incêndio florestal na serra Negra, na zona rural de Ibituruna, que provocou grande destruição na vegetação classificada como mata atlântica, e que atingiu uma área de 615 hectares, além de matar diversos animais, deixando um rastro de destruição naquele local até então preservado.

A Polícia Ambiental concluiu, baseado na perícia da Polícia civil, que o incêndio foi provocado por uma empresa que tem uma antena no alto da serra. Após as diligências e laudo pericial, concluiu-se que o incêndio teve início, de forma culposa, através de um curto circuito, ocorrido durante uma atividade de manutenção realizada no topo da serra Negra.

O incêndio só não foi maior devido à ação de combate às chamas, e o início do fogo ter ocorrido na parte mais alta da região. Foram atingidas vegetação em Área Comum e Área de Preservação Permanente (APP), o que impacta diretamente nas nascentes e cursos d'água. A Empresa, responsável pelo incêndio florestal, acompanhou todos os trabalhos realizados pela Polícia Militar de Meio Ambiente e pela Polícia Civil.

A empresa foi multada pela Polícia Militar do Meio Ambiente, de Lavras, em R$ 3.424 milhões. A empresa deverá ainda responder processo na esfera cível.

A Polícia Militar do Meio Ambiente lembra que provocar queimadas é crime e se você testemunhar algum ato criminoso como este, denuncie, sua identidade será preservada, as denúncias podem ser feitas através do te4leofne (35) 3829-2123 ou pelo e-mail: pmambientallavras@gmail.com.

 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 
 

Leia também:

 

Publicado o decreto de retomada gradual das aulas presenciais das redes pública e particular de Lavras
Rotary Club de Lavras Sul comemora 116 anos de Rotary Internacional - veja fotos
Encontrado o corpo da criança que foi jogada em rio no Sul de Minas
Tamanduá ferido foi resgatado pela PM do Meio Ambiente em Candeias e trazido para Lavras
Casal que vendia droga pelo sistema delivery e recebia com cartão foi preso em Lavras
Gasolina e óleo diesel terão reajuste nesta sexta-feira; este é o quarto reajuste do ano
SES vai suspender cirurgias eletivas não essenciais em todo o estado por causa da Covid
Procura por agricultor de Lavras que estava desaparecido chega ao fim de forma trágica
Vereador Possato protocolou pedido de instauração da CPI das Vacinas em Lavras
LabCovid: Ufla explica como funciona o laboratório - veja vídeo

.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras