Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


polícia / Diversos /


Publicada em: 08/09/2020 15:34 - Atualizada em: 08/09/2020 17:31
Polícia Militar do Meio Ambiente, de Lavras, faz autuação em Santo Antônio do Amparo
Criminoso foi multado em mais de R$ 13 mil, responderá processo federal por falsificação e será denunciado pelo Ministério Público Estadual

Os pássaros passaram por avaliação de veterinário e depois ganharam a liberdade. Fotos: Polícia Militar do Meio Ambiente

.


Diário da obra Dê play para ver

  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

A Polícia Militar do Meio Ambiente realizou uma grande apreensão de gaiolas e armadilhas de captura, além de recolher diversos pássaros da fauna brasileira e coloca-los em liberdade, a ação aconteceu em Santo Antônio do Amparo.

Os policiais chegaram até o endereço do criminoso durante uma fiscalização após receber denúncia anônima de que um homem mantinha pássaros em cativeiro ilegal e maus-tratos. No momento da abordagem, o criminoso não estava no local, porém, sua companheira acompanhou a apreensão.

Foram encontrados pássaros da fauna brasileira em cativeiro e em condições precárias de sobrevivência, as gaiolas sujas, com pouca água e quente, com vasilhas com lodo. Dois pássaros estavam com anilhas do IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente), elas porém eram falsas.

Os policiais apreenderam, além dos materiais de captura e de apreensão, 8 pássaros, sendo 7 trinca-ferros e um sabiá. Os animais foram submetidos a avaliação de médico veterinário o qual atestou as condições de maus-tratos a que estavam sendo submetidos. Apesar da situação, os pássaros estavam com boa aparência física, saúde, inquietos o que demonstra selvageria e indícios de terem sido recém apanhados em seus habitat, dessa forma estando aptos a soltura, o que foi feito nas margens do lago da Usina do Funil.

O autor, além e perder todo o material e os pássaros, recebeu uma multa de R$ 13,6 mil e vai responder a processo na justiça. Sobre as anilhas falsificadas, a denúncia foi encaminhada à Polícia Federal e também ao Ministério Público. As gaiolas e armadilhas apreendidas foram destruídas com aparo da lei que trata dos Crimes Ambientais.

A Polícia Militar do Meio Ambiente trabalha com o apoio da população consciente, que denuncia crimes como desmatamento, caça, apreensão de pássaros e animais da fauna brasileira. Se você souber de casos semelhantes, poderá fazer a denúncia de forma anônima através do telefone (35) 3829-2123 ou pelo e-mail: pmambientallavras@gmail.com. 

 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 
 

Leia também:

 

Publicado o decreto de retomada gradual das aulas presenciais das redes pública e particular de Lavras
Rotary Club de Lavras Sul comemora 116 anos de Rotary Internacional - veja fotos
Encontrado o corpo da criança que foi jogada em rio no Sul de Minas
Tamanduá ferido foi resgatado pela PM do Meio Ambiente em Candeias e trazido para Lavras
Casal que vendia droga pelo sistema delivery e recebia com cartão foi preso em Lavras
Gasolina e óleo diesel terão reajuste nesta sexta-feira; este é o quarto reajuste do ano
SES vai suspender cirurgias eletivas não essenciais em todo o estado por causa da Covid
Procura por agricultor de Lavras que estava desaparecido chega ao fim de forma trágica
Vereador Possato protocolou pedido de instauração da CPI das Vacinas em Lavras
LabCovid: Ufla explica como funciona o laboratório - veja vídeo

.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras