Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


destaque /


Publicada em: 18/08/2020 15:54 - Atualizada em: 18/08/2020 22:11
Lavrense faz um "raio-x" do Líbano para o jornal Folha de S. Paulo
Ele é formado em Relações Internacionais, é mestre e doutor em Antropologia Social pela Unicamp, é professor na Unifesp e conhece bem o Oriente Médio

Professor Youssef Alvarenga Cherem, em uma rua de Beirute, no Líbano. Foto: arquivo de família

.


Dê play e conheça o Toledo Residencial


  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

O Líbano há alguns anos era considerado um "oásis" no meio do Oriente Médio, tinha uma economia próspera, era um país pacífico e desenvolvido, farta alimentação. O cenário era diferente dos países vizinhos, que tentavam se organizar politicamente em meio aos inúmeros conflitos regionais que afetavam o desenvolvimento do país e da economia.

Hoje o cenário é outro, o país vive mergulhado numa crise econômica, o sistema de saúde ép precário e foi agravado com a recente explosão no porto de Beirute. Nos hospitais com atendimento caótico, o que se vê é infectados pela Covid-19 e feridos por todos os lados. A situação se agravou com a destruição do porto em Beirute, já que ele era o principal ponto para importação de alimentos no país.

Um lavrense conhece bem a realidade do povo libanês, isso porque ele é de família libanesa, conhece o Líbano, conhece a língua e ele também se formou em Relações Internacionais. Estamos falando do professor de História da Arte na Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), Youssef Alvarenga Cherem.

Youssef é Bacharel em Relações Internacionais pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC), mestre e doutor em Antropologia Social pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Atualmente professor adjunto da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Tem experiência na área de história do Oriente Médio, islamismo, antropologia da religião, antropologia política e arte islâmica; atuando principalmente nos seguintes temas: islamismo, islamismo político, salafismo, relações internacionais do Oriente Médio, Líbano, Irã, Israel-Palestina, história das religiões, arte contemporânea no Oriente Médio.

Youssef, que é filho do casal lavrense Gil Cherem e Aparecida Alvarenga Cherem, escreveu um artigo para o Caderno Opinião, do jornal Folha de S. Paulo. O artigo foi publicado no dia 12 de agosto e teve grande repercussão nacional. Para ler o artigo escrito pelo lavrense Youssef Alvarenga Cherem clique aqui e conheça a real situação de um país que tem muito em comum com os lavrenses, já que a colônia sírio-libanesa em Lavras é muito grande e ajudou a escrever uma parte da história do nosso município, no comércio, na indústria, na economia, na educação, na política, religião, cultura, culinária e muito mais. 

 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 
 

Leia também:

Mais informações sobre o assassinato do estudante da Ufla que estava desaparecido Ladrão arrombou estabelecimentos comerciais em Ijaci e foi preso pela PM em Lavras
   
Acidente em Lavras envolvendo automóvel e caminhão guincho deixa motorista ferido Cemig alerta sobre a importância de manter atualizada a titularidade do contrato de fornecimento de energia
   
Pesquisadores da Ufla desenvolvem tecnologia inovadora envolvendo bioenergia e tratamento de esgoto PM apreende droga em Lavras com ajuda de cães farejadores
   
.
 

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras