Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


destaque /


Publicada em: 25/07/2020 12:06 - Atualizada em: 25/07/2020 14:27
Faleceu em Lavras, Ari Pacheco, o "Ari do Serra da Bocaina"
Os moradores do prédio Serra da Bocaina perderam hoje uma parte da história do edifício

Rosa Luto

.


Dê play e conheça o Toledo Residencial


  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

Faleceu em Lavras hoje, sábado, dia 25, Ari Pacheco, aos 67 anos. Senhor Ari trabalhou na construção do edifício Serra da Bocaina, era homem de confiança do empresário Rajá Ferreira da Silva, do engenheiro Fausto Novaes e outros, que construíram o primeiro edifício com elevadores em Lavras, há 43 anos.

Mas sua ligação com o edifício começou no dia 19 de abril de 1976, quando foram iniciados os trabalhos de fundação do edifício "Serra da Bocaina", na esquina das ruas Francisco Salles com Chagas Dória, um empreendimento da Construtora Imperial, do empresário Rajá Ferreira da Silva. O edifício "Serra da Bocaina" foi o primeiro "arranha-céu" edificado em Lavras e o primeiro prédio com elevadores. O prédio foi inaugurado no dia 20 de julho de 1977.

Desde sua fundação, há 44 anos, que o senhor Ari nunca mais se desligou do prédio. Depois de construído e inaugurado há 43 anos, começou a trabalhar naquele edifício onde foi zelador e porteiro, nestas mais de quatro décadas, ganhou a confiança e amizade de todos os moradores do prédio.

Seu sepultamento será realizado hoje às 13h no Cemitério da Saudade. Devido a pandemia do novo coronavírus, desde março que todos os sepultamentos são realizados de forma rápida, sem cerimônias fúnebres e com a presença apenas dos familiares e um número reduzido de pessoas.

Sobre ele, os moradores enviaram uma nota de pesar para a redação do Jornal de Lavras, que publicamos na íntegra:

É com muita tristeza que comunicamos o falecimento do senhor Ari, pessoa muito querida dos moradores do Edifício Serra da Bocaina.
Ele trabalhou na construção do prédio, aqui foi zelador e porteiro.
Deixa viúva Nazaré, os filhos Alessandra e Arivaldo, além de genro, nora e netos.

Eterna Saudade dos moradores do
Edifício Serra da Bocaina

 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 
 

Leia também:

Mais informações sobre o assassinato do estudante da Ufla que estava desaparecido Ladrão arrombou estabelecimentos comerciais em Ijaci e foi preso pela PM em Lavras
   
Acidente em Lavras envolvendo automóvel e caminhão guincho deixa motorista ferido Cemig alerta sobre a importância de manter atualizada a titularidade do contrato de fornecimento de energia
   
Pesquisadores da Ufla desenvolvem tecnologia inovadora envolvendo bioenergia e tratamento de esgoto PM apreende droga em Lavras com ajuda de cães farejadores
   
.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras